sexta-feira, 22 de outubro de 2010

DIVERSÃO GARANTIDA: BEACH PARK FORTALEZA


O Beach Park é um destino amplamente divulgado, todo mundo já ouviu falar, todos sabem tratar-se de um parque aquático em Fortaleza, muitos já estiveram na praia em frente ao parque, alguns já foram ao parque aquático propriamente dito, etc, etc. Mas, estranhamente, não encontramos ninguém, entre nossos conhecidos, que já tenha ficado hospedado em um de seus hotéis.

Nossa experiência anterior no Wet´n´Wild de São Paulo havia nos deixado na defensiva quanto a qualquer parque aquático no Brasil. O Wet´n´Wild é tão ruim, que deveria se envergonhar de carregar a bandeira da famosa rede norte-americana... Portanto, em resumo, não esperávamos mais do que um pouco de distração e umas três ou quatro escorregadelas nos brinquedos do Beach Park. No final das contas, descobrimos que não podíamos estar mais enganados! O complexo em geral superou todas as nossas expectativas, desde o restaurante do hotel até o brinquedo mais concorrido do parque. Contamos agora um pouco sobre cada aspecto do resort que nos agradou (e só um pouquinho do que nos desagradou também).

O Acqua Resort

Piscina do Acqua Resort
O Beach Park tem, atualmente, dois hotéis em funcionamento. Ambos estão de frente para a praia, um de cada lado do parque aquático, com acesso fácil ao mesmo. Dedicamo-nos à tarefa de escolher um dos dois, e, pesquisando na internet, descobrimos que o Acqua Resort é novíssimo em folha, foi inaugurado há cerca de 1 ano, além de ter várias unidades tipo "suíte", que acomodaria nossa família. O outro hotel, Suites, é bem mais antigo, e pelo que pudemos ver está sendo reformado (mas em funcionamento normal).

Ao chegar, pudemos confirmar tudo isso - o resort está estalando de novo, tudo muito limpo, bem projetado, bem distribuído e bem administrado. A suíte em que ficamos consistia de uma salinha, uma kitchenette (frigobar, pia, microondas, cooktop de 2 bocas), dois quartos e dois banheiros, acomodando facilmente até 4 adultos e 2 crianças. Nada mal!

Lá, você não vai encontrar o luxo de resorts mais "estrelados". As acomodações são boas e confortáveis, mas simples - no banheiro não há banheira, por exemplo. As piscinas e a área externa são satisfatórias, bem cuidadas, mas não têm paisagismo premiado nem megapiscinas e espelhos d´água a perder de vista. Nada disso. Se pudermos resumir em poucas palavras, o Acqua Resort é um hotel muito bom, mas um resort apenas mediano.

Os quartos dão vista para
o parque aquático
Isso se contarmos somente o hotel em si. Se levarmos em consideração que a estadia no hotel dá direito à entrada ilimitada no Beach Park durante todos os dias, aí a coisa muda de figura. Com certeza não há resort que faça frente a essa super vantagem: o maior parque aquático da América Latina a poucos passos do seu quarto de hotel. Melhor ainda: acordar todos os dias, abrir a janela, e dar de cara com o Ramubrinká, o maior brinquedo do Beach Park (nem todos os quartos dão vista para o parque). Além disso, o acesso ao parque aquático pode ser feito a pé (em cerca de 1 minuto), ou através do Aqua Link, um tipo de "lazy river" (rio artificial com correnteza) que circunda um dos blocos de apartamentos e desemboca em frente às catracas de acesso ao parque. Além usar o Aqua Link para ir ao parque, você pode simplesmente emprestar uma boia e ficar circulando na correnteza, dando voltas dentro do seu hotel. É uma excelente vantagem, porque o lazy river de dentro do Beach Park é lotado (mais detalhes sobre o parque abaixo).

O serviço no hotel é excelente, digno de qualquer resort de luxo. Pedidos especiais, como a solicitação de deixar o quarto um pouco mais tarde no check-out, foram prontamente atendidos. Todo o staff é atencioso e eficiente. Destaque especial para os salva-vidas, onipresentes em todas as piscinas e no Aqua Link. Nunca havíamos visto tantos salva-vidas em uma piscina de hotel! Outro serviço interessante oferecido são os traslados diários até Fortaleza. Não chegamos a usá-los, mas são feitos em horários variados, sendo o mais frequentado o que leva os hóspedes no final da tarde e retorna às 21:00. Os traslados são pagos à parte.

Os restaurantes

Por ser um hotel relativamente pequeno, o Acqua Resort tem apenas um restaurante que serve as três refeições do dia. Nosso pacote incluía pensão completa (mas não all inclusive, ou seja, fora das refeições o consumo tinha que ser pago à parte). No entanto, há pacotes que incluem só o café-da-manhã, mas esses sequer nos foram oferecidos como opção.

Boa variedade de frutas
Nossa expectativa com relação à comida era bem baixa, mas ficamos agradavelmente surpresos com o que encontramos. Estava longe de ser uma experiência gourmet, mas o restaurante oferecia comida honesta, bem preparada, com uma variedade surpreendente. O café-da-manhã era basicamente o mesmo todos os dias, com destaque para a tradicional estação de tapiocas (segundo nossos "experts" avaliadores de tapioca, não foi a melhor que comeram na vida), e para a variedade e qualidade das frutas oferecidas.

Considerando-se que os hóspedes comem todo santo dia no mesmo lugar, a cozinha procurava oferecer no almoço e jantar pratos variados todos os dias, tarefa nada simples, mas que o restaurante desempenhou com competência. Sempre havia opções de peixe, incluindo espécies como pargo e beijupirá, que mudavam todos os dias (a peixada cearense estava muito boa), bem como pratos variados: cordeiro, carne-de-sol, filé com molho, frango, strogonoff. Se sua preocupação são as crianças que não comem de tudo, as massas com molho à parte (para aquelas que só comem macarrão sem molho, o paraíso!) e os nuggets de frango eram oferecidos diariamente, além de uma opção de papinha diferente a cada dia para os bebês. As sobremesas eram boas mas não chegaram a arrancar suspiros - elegemos nosso favorito o pudim de leite.

Fora o restaurante do hotel, recebemos muitas recomendações para comer na "barraca de praia" do Beach Park. No Ceará, barraca de praia é um eufemismo para enormes restaurantes à beira-mar, alguns até com três andares e centenas de lugares! O do Beach Park fica na areia, quase exatamente em frente ao parque, e dando uma olhada no menu parecia realmente apetitoso - lagosta, caranguejo, camarão, peixadas...- apesar de um pouco caro. O maior problema é que as mesas ficam lotadas de gente bebericando uma cervejinha ou refrigerante, e as poucas pessoas que têm realmente intenção de comer acabam ficando sem lugar. Foi o que aconteceu conosco, e como estávamos de voo marcado de volta para casa, não pudemos ficar esperando vagar uma mesa. Assim, não chegamos a experimentar a lendária barraca do Beach Park!

Quanto a refeições dentro do Beach Park, vimos vários quiosques espalhados com comidinhas variadas - espetinho, sanduíche, pão-de-queijo, e até um restaurante por quilo. Obviamente na hora do almoço tudo fica lotado, com filas, mas nos horários alternativos não. Não chegamos a comer no parque, pois nosso hotel era muito perto e oferecia todas as refeições, mas pelo pouco que vimos os preços parecem bem caros, tanto do restaurante por quilo, quanto das bebidas (R$ 7,00 por um chopp de 500ml). Levando-se em consideração que você está dentro de um parque, é de se esperar que tudo seja mais caro. Uma sugestão é almoçar ou tomar um café bem reforçado antes de ir ao parque (afinal, ele só abre às 11 horas mesmo), assim você toma somente um lanche enquanto estiver lá dentro.

A praia

Praia: boa na maré baixa
Os hotéis do Beach Park são literalmente pé na areia. A praia é muito conhecida, tanto que muitas pessoas se deslocam de Fortaleza só para frequentá-la. É realmente uma praia boa, mas que fica realmente nota 10 só quando a maré está baixa. Na alta, apesar de muito bonita, a faixa de areia fica estreita, íngreme e fofa, dificultando até uma curta caminhada. As ondas ficam fortes e o mar "puxa" pra dentro, chegando até a derrubar as pessoas com a força do seu vaivem. Quando a maré baixa, a faixa de areia fica larga e plana, repleta de conchinhas que as crianças se divertem catando. As ondas perdem muito de sua força, permitindo um banho mais tranquilo e relaxante.

A praia se localiza exatamente em frente ao hotel. O acesso é feito por uma rampa que sai da área das piscinas, diretamente para a areia. Logo na descida da rampa, uma placa avisa que nem os passeios de buggy, nem caminhadas desacompanhadas na praia são recomendados. Isso porque a praia é pública, qualquer um pode acessá-la, portanto aparentemente não é tão segura quanto seria se fosse particular. No período em que estivemos lá, nunca presenciamos um incidente, nem nos sentimos inseguros ao frequentar a praia, mas considerando o nível de violência de Fortaleza, é bom ter cautela, não se afastando muito do hotel e do parque. Durante o dia (das 9 às 5), há um salva-vidas de plantão junto ao mar.

O parque

Insanamente inclinado
O Beach Park(http://www.beachpark.com.br/) propriamente dito é um capítulo à parte. Não esperávamos grande coisa, pois visitávamos em um feriado lotado. Pensamos: se embolsarmos umas três ou quatro descidas nos escorregadores por dia, já estaremos satisfeitos. Isso porque esperávamos hordas de pessoas e filas imensas nos brinquedos.

O parque estava realmente cheio, pululando de gente! Mesmo assim, a fila mais longa que enfrentamos foi de cerca de 20 minutos. Isso se deve a vários motivos. O principal é que os brinquedos são bem projetados: as escadarias levam a uma plataforma daonde se pode ter acesso a vários escorregadores - você escolhe por qual quer descer. Dessa forma, não há aquele gargalo em que as pessoas descem uma a uma, tendo que respeitar um intervalo entre uma e outra. A velocidade de vazão das pessoas é bem grande, diminuindo consideravelmente a espera. Em segundo lugar, o parque é GRANDE. Isso significa que há inúmeras opções para as pessoas escolherem, não aquela miséria de 3 ou 4 briquedos legais e um monte de atrações menores. Por isso, nenhum brinquedo fica mais lotado que os outros - a multidão fica bem distribuída por todas as atrações do parque.

Achamos o horário de funcionamento muito restrito: das 11 às 17. Isso significa que, no horário da abertura, já há uma multidão à espera, que se espalha rapidamente e lota imediatamente todos os brinquedos. Ainda bem que as filas andam, assim a espera não é longa! Observando o parque da janela de nosso quarto, percebemos que os funcionários chegam muito antes da abertura do parque (antes das 8), e saem bem depois do fechamento. Portanto, acreditamos que o horário restrito deve-se à necessidade de manter, limpar e arrumar o parque antes e depois do expediente, sem que o trabalho se estenda pela noite adentro.

Ramubrinká
O brinquedo que mais frequentamos foi o Ramubrinká, o maior brinquedo do parque. O acesso é feito por 2 escadas: com boia e sem boia. Sem boia você sobe mais alto, e embarca em um dos 4 escorregadores fechados que pareciam bem escuros (não chegamos a usá-los). A outra escada dá acesso aos 4 escorregadores para descer com boia. Um deles (preto-e-branco) é fechado e mais escuro que cabra-cega. Faz apenas curvas agradáveis e uma descida não muito radical, mas se suas crianças não gostam de escuro, não use este! O amarelo é o mais suave de todos, mas tem a desvantagem de não poder descer com boia de 2 pessoas, só de 1. Portanto, se escolher o amarelo cada um desce sozinho. O vermelho é o mais radical, terminando em uma descida mais longa e íngreme. E o laranja é intermediário, com curvas agradáveis e duas pequenas descidas em sequência no final.

Esfinge
O outro brinquedo que gostamos bastante foi a Moreia Negra: um escorregador também de boia dupla, mas fechado. Apesar do nome, não é tão escuro e nem radical - é muito divertido, apesar de curto. Também gostamos do Atlantis, um tobogã largo que descemos com uma grande boia tripla. A primeira descidinha é bem íngreme, o que pode assustar um pouco as crianças, mas no final é bem divertido. Além desses, os playgrounds infantis como a Ilha do Tesouro, Arca de Noé e Acqua Show são lugares onde as crianças podem ficar mais livres para brincar e os pais podem relaxar um pouco nas piscinas rasas desses playgrounds.

Maremoto
Presenças obrigatórias em qualquer parque aquático, no Beach Park também tem uma piscina de ondas enorme (Maremoto) e um lazy river absolutamente lotado (Correnteza Encantada).

Correnteza Encantada:
muito curta e cheia de
gente o dia todo.
O Beach Park é famoso, no entanto, pelos escorregadores radicais. Olhando de fora pudemos ver a velocidade a que as pessoas desciam e não era pequena! São quatro no total, o Sarcófago e 2 escorregadores da Esfinge (fechados) e o famosíssimo Insano, dito o mais radical da América do Sul, onde você pode chegar a mais de 100 km/h!

Agora, insana mesmo é a quantidade de salva-vidas que há no parque todo. Cada atração tem pelo menos 3 salva-vidas, que além de "salvar" as pessoas - literalmente, tirando da água os visitantes desorientados que acabaram de descer de um escorregador a 100 km/h - mantêm a ordem, a disciplina e a segurança. Não deixam as pessoas furarem fila, fazer manobras perigosas, entrarem em locais proibidos, entre outras coisas. Assim, apesar de muito cheio, não ocorriam incidentes ou discussões entre os visitantes.

Uma dica importante para frequentar o Beach Park, especialmente se você não for se hospedar nos hotéis do complexo, é evitar a qualquer custo a fila para pegar um armário. Essa fila era enorme e parecia se mover muito lentamente, fazendo as pessoas perderem muito tempo antes de começar a brincar, e de novo no final do dia para devolver a chave. Para não precisar do armário, use um short com bolsinho de zíper ou velcro, e coloque seu cartão de crédito lá dentro. De resto, leve apenas coisas sem valor. Se você deixar toalhas, chinelos e outras coisas de pouco valor nas cadeiras, ninguém mexe.

Se optar por guardar seus pertences, não esqueça de passar bastante protetor solar. Não guarde os chinelos no armário. O chão da maior parte do parque é de pedra, e esquenta tanto que dá pra fritar um ovo nele! Então imagine como seus pés vão ficar (fritos!) se você andar sem chinelos o dia todo. Toda vez que for subir para um escorregador, deixe os chinelos num cantinho e depois que descer passe para buscar.

Para fazer sua reserva

Quanto à reserva do Beach Park, no nosso caso, como pegamos as passagens pelas milhas, optamos por fazer a compra diretamente com o hotel. O atendimento, por email, foi eficiente e cortês, mas cuidado: para conseguir o mesmo preço que encontramos no site tivemos que pedir, pois a cotação enviada por email foi bem mais alta. A central de reservas nos indicou a Age Turismo (http://www.ageturismo.com.br/) para fazer os transfers hotel-aeroporto, e, apesar de um pouco caro, funcionou bem. Fechamos até um tour com a empresa e a pontualidade e atendimento foram muito bons.

Se não for por conta própria, os pacotes para lá podem ser uma boa opção. Quando chegamos ao aeroporto, havia um grupo bem grande da CVC se reunindo para pegar o ônibus em direção aos hoteis, então saiba que vai fazer parte de um grupo se reservar por essa agência. A vantagem é conveniência de não precisar procurar transfers e passeios, além do custo que normalmente é bem atrativo nos pacotes das grandes operadoras.

O Beach Park - o parque em si, bem como o hotel Acqua Resort - é um lugar muito divertido, que oferece opções para todas as idades, além de muito bem mantido e administrado. O fato do ingresso avulso custar mais de R$100,00, e mesmo assim o parque estar lotado até a tampa, é a prova de que, se o lugar é bom, o povo paga! Então, quando for planejar suas próximas férias, considere o Beach Park como opção. Além de brincar muito no parque aquático, você ainda pode fazer passeios lindos pelas praias do Ceará. Mas isso é assunto para um próximo post!


49 comentários:

  1. Adorei suas dicas. Vou para lá na semana que vem. Queria saber se tem muito barulho nos apartamentos do hotel pelo fato de ser perto do Ramumbrinká. Já sei que o apto que eu aluguei tem vista para esse brinquedo. Obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Temos certeza que sua viagem será muito boa, pois o Beach Park preza pela qualidade. Nosso apartamento era exatamente em frente ao Ramubrinká. Quando chegamos ao hotel, tarde da noite, nosso filho ficou na varanda admirando o brinquedo, morrendo de vontade de ir, mas o parque já estava fechado.

    Você não terá problemas com o barulho. O parque abre relativamente tarde e fecha cedo, portanto à noite não há barulho. A única movimentação que tem lá dentro de manhã bem cedo é dos profissionais que chegam mais cedo e ficam arrumando, limpando e preparando tudo para o dia.

    Durante o dia, em que o parque pode ficar bem barulhento, você também não estará dentro do quarto, e sim nas piscinas e na praia aproveitando. Em último caso, basta fechar a janela e ligar o ar condicionado, que o barulho não vai incomodá-la nem um pouco.

    ResponderExcluir
  3. Oi , gostaria de saber qto vou gastar em media por dia em almoço.. vou com meu marido e meus 2 filhos (11anos e 2 anos)?
    obrigada
    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha já estivem no beach parque uma meia dúzia de vezes, como você passa o dia todo nas piscinas, e a criançada brinca muito ,isso causa muita fome, então você deve gastar por baico cerca de R$ 150,00 só na hora do almoço, com mais alguma coisa que se come e bebe no decorrer do dia você deve gastar em torno de R$ 300 por baixo.( franklin rinaldo)

      Excluir
  4. Tatiana,

    Se você, como nós, escolher a opção de pensão completa, não vai gastar nada com alimentação. Vale a pena, o buffet é variado e honesto, sem nenhuma firula. Na barraca de praia do Beach Park vimos vários caranguejos, lagostas, moquecas, mas não deu tempo de comer lá. Lembro de que os preços eram bem salgados.

    Vale a pena ir ao parque e voltar ao hotel na hora do almoço todos os dias. É muito perto!

    ResponderExcluir
  5. Oi, estou pensando em ir comemorar o aniversário da miha filha em maio no Beach Park e vi que o hotel fora do complexo fica mais barato do que dentro ( bem mais barato) mais tenho uma filha de 1 ano e 4 meses que dorme a tarde,essas coisas né? Ainda estou na dúvida se fico dentro ou fora do parque. O que vc acha?

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Só podemos opinar sobre aquilo que já experimentamos. Nunca estivemos nos hotéis fora do Beach Park, mas quando fomos lá, vimos alguns hotéis e apartamentos nas proximidades.

    Se ficar dentro, a diversão e a tranquilidade são garantidas - pé na areia, dá pra entrar no parque por um acesso exclusivo, sem filas. Você pode até deixar suas coisas na espreguiçadeira do hotel e ir só de biquini para o parque.

    Fora, terá vários inconvenientes, como ter que pagar entrada (não é barato!), enfrentar fila para entrar todas as manhãs, e fila para guardar suas coisas nos armários. Além disso, terá que andar para chegar lá diariamente, e ser obrigado a almoçar no parque, onde as opções de comida são poucas e caras.

    Veja o custo-benefício de ficar fora - só valerá a pena se for tão mais barato que compense todas essas desvantagens.

    Se tiver mais perguntas, pode postar. Boa viagem!

    ResponderExcluir
  7. Oi. Sou a pessoa que te perguntou sobre o barulho nos quartos perto do Ramubrinká. Estou no hotel agora e pude constatar que você tem razão em tudo que vc escreveu sobre o hotel. E realmente o barulho do Ramubrinká não chega a incomodar. Estou aqui com marido e dois filhos pequenos (1 ano e 3 anos) e o fato de ter ficado hospedada nesse hotel fez toda a diferença. Férias divertidas e tranqüilas, com as crianças adorando o hotel e o parque aquático. Pretendo voltar em breve. Obrigada pelas dicas.

    ResponderExcluir
  8. Obrigado por retornar a essa página para postar sua própria experiência. Na volta, se tiver mais dicas interessantes sobre o destino, não se acanhe! Poste aqui, para ajudar muitos leitores que estão considerando o Beach Park para sua próxima viagem.

    Divirta-se por aí!

    ResponderExcluir
  9. Olá, estou em fortaleza e lendo seu blog sobre a cidade e passeios. gostaria de saber se compensa ir só 1 dia ou mais de um dia no beachpark,pois estamos com duas criancas. aguardo

    ResponderExcluir
  10. Como você pode ter lido no post, nós ficamos hospedados no Beach Park, portanto fomos ao parque aquático quase todos os dias.

    Se estiver com crianças, um dia só pode não ser suficiente para andar em todas as atrações que elas quiserem. Mas não sabemos como é o esquema - pelo que vimos, tem bastante fila pra entrar, pra guardar as coisas nos armários, pra comer... Então você precisaria ir no primeiro dia pra ver direitinho se vale a pena ir mais um.

    Do ponto de vista da diversão, sem dúvida 2 é melhor que 1!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia!

    Parabéns pelo Blog.

    Eu, meu marido e filha (três anos) ficaremos hospedados por uma semana no Beack park Acqua Resort em Setembro. Não nos deram opção por pensão completa portanto ficaremos no esquena de meia pensão. Pegamos as passagens através do sistema de milhagem e optamos por alugar um carro para os deslocamentos.

    Minhas dúvidas são:

    1) Em que época do ano vocês foram? O parque fechou em quais dias pois no site do Beach Park diz que o Parque fechará às 4as mas no e-mail de confirmação do Resort diz que fechará às 4as e 5as podendo mudar? Estamos pensando em aproveitar o dia livre para passear nas barracas da Praia do Futuro e dar um pulo na feirinha ou Mercado Central.

    2) Você levou garrafa d'água, papinha, biscoito, barrinha de cereal ou qualquer outro tipo de alimento para seus filhos para utilizar dentro do parque? Li em um site que é proibido.

    3) Você recebeu o cartão de consumo do Beach Park quando chegou ao Resort ou tem que pegar no próprio park? Você mencionou que levou o cartão de crédito. Eles aceitam dinheiro ou cartões dentro do park ou somente o cartão de consumo?

    4)Quanto ao armário, não tem como pegar a chave no próprio resort? Estou pensando em comprar uma mochila estanque para levar uma toalha, uma muda de roupa para a pequena e protetor solar.

    Obrigado pelas respostas.

    Atenciosamente,

    Sheila Balbi

    ResponderExcluir
  12. Oi, Sheila,

    Obrigado por postar. Vamos às suas perguntas:

    1. Nós fomos num feriado prolongado e passamos 4 dias, portanto não houve dias fechados. Como sua viagem é só em setembro, talvez seja muito cedo para a administração saber em quais dias o parque estará fechado. Sugiro que ligue para o hotel cerca de 1 mês antes da viagem para perguntar.

    Se for passear em Fortaleza, use um transfer ou tour para ir e voltar, e não se afaste das áreas turísticas. O nível de violência da cidade é muito alto, podendo ser perigoso se você se perder ou se afastar das multidões. Outra opção de passeio, que relatamos em nosso outro post sobre o Ceará, é conhecer as praias vizinhas. No nosso caso, fomos até Canoa Quebrada, que fica um poouco longe, mas você pode se restringir às praias mais próximas.

    2. Não levamos alimentos ao parque, pois nosso filho já tinha 8 anos, portanto não sabemos se é permitido. Se você vai se hospedar no Aqua, vale a pena tentar mudar sua reserva para pensão completa. O Beach Park fica afastado da cidade, e dentro do complexo as opções de alimentação são poucas e caras, especialmente dentro do parque. Se você tiver o almoço incluído, pode dar um lanche à sua filha entre o café-da-manhã e o almoço, ir para o parque às 11 horas quando abrir, e retornar ao hotel para almoçar. O parque fica literalmente a poucos passos do hotel!

    Depois do almoço, um cochilo e daí ela estará pronta para voltar ao parque e brincar um pouco mais no fim da tarde. Assim você elimina a necessidade de comer dentro do parque (caro), e não precisa ficar carregando lanches.

    3. Não recebemos cartão de consumo, os extras do hotel são cobrados através de assinatura. No parque, você tem que pagar a cada compra, normalmente, como todas as outras pessoas. Quando fomos, estar hospedado no hotel não possibilitava colocar na conta as despesas do parque. Confirme com eles se o esquema mudou.

    4. O armário de dentro do parque é totalmente contra-indicado por causa das filas. Você pode ir e voltar tranquilamente quantas vezes quiser, mas se não levar coisas de valor, pode deixar a sacola nas cadeiras do parque, que ninguém mexe. Não precisa ser estanque, pois não é permitido levá-la nos brinquedos.

    Sugerimos levar a câmera apenas um dia para tirar muitas e muitas fotos, e deixá-la no hotel nos demais dias. Assim, vocês podem deixar tudo nas cadeiras (toalha, saída de banho, etc) sem preocupação. No dia em que vocês levarem a câmera, precisarão se revezar nos brinquedos (exceto nas piscinas), pois não é permitido levar nada nos escorregadores.

    Esperamos ter ajudado. Se tiver mais dúvidas, não deixe de postar. E quando retornar, passe aqui novamente para deixar suas dicas para os demais internautas. Boa viagem!

    ResponderExcluir
  13. Sheila, mais um detalhe: leve as papinhas, lanchinhos e sucos de caixinha que sua filha vai consumir entre as refeições. O hotel fica afastado e a loja que tem lá dentro é pequena e cara.

    ResponderExcluir
  14. BOA NOITE,MEU NOME É ANDRÉ,ESTOU INDO PARA FORTALEZA E VOU VISITAR O BEACH PARK 3 DIAS INTERCALADOS,QUANTO DEVO GASTAR DENTRO DO PARUE POR DIA?QUAL O PREÇO DE UM LANCHE ESTILO MACDONALDS?PODE ME RESPONDER?VAI ME AJUDAR DEMAIS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, André! Agradecemos o comentário postado.

      Já faz mais de um ano que estivemos no Beach Park, e na ocasião não chegamos a comer dentro do parque, pois estávamos hospedados no Acqua Resort e tínhamos o almoço incluído. Mas, pelo que lembramos, tudo lá dentro era bem caro. Se não estamos enganados, até o restaurante self-service custava cerca de 50 reais o quilo. A cerveja, 7 reais. Águas e refrigerantes, cerca de 5 reais. Nada era barato. Então, se quiser comer dentro do parque, sugerimos preparar o bolso!

      Outra sugestão seria procurar postagens mais recentes, de pessoas que estiveram no Beach Park, para saber os preços com mais precisão.

      Não pudemos ser de muita ajuda nesse caso, mas esperamos ter dado pelo menos uma ideia do que esperar!

      Se tiver outras perguntas, não hesite em postar.

      Excluir
  15. MUITO GRATO,ASSIM QUE PUDER VOU ENVIAR OS PREÇOS PARA VOCÊS TIRAR DÚVIDAS DE OUTROS.
    ANDRÉ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seremos muito gratos se você puder fazer isso. Boa viagem!

      Excluir
  16. Boa tarde,

    Meu nome é Sylvia Albuquerque e sou gerente de reservas da Age Turismo de Fortaleza-CE. Hoje tivemos uma grata surpresa. Uma ligação de um cliente que viu seu comentário referente nossa empresa e que por conta da sua indicação está fechando conosco. Nós não conhecíamos o blog e ficamos muito felizes em ter feito parte de um pedacinho da sua viagem e felizes também por indicar os nossos serviços, pois isso significa que agradamos e que ocorreu tudo bem. Para nós a satisfação do cliente é sempre o mais importante.
    Agradecemos sua indicação e esperamos seu contato para uma próxima viagem.
    Sylvia Albuquerque
    Gerente de Reservas
    AGE TURISMO
    reservas@ageturismo.com.br
    www.ageturismo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos o comentário e a atenção. Realmente só indicamos no blog os serviços que nos agradaram, e o motorista da Age foi muito competente para conosco. Infelizmente não nos lembramos mais do nome dele, mas era um senhor português muito cordato, discreto e profissional.

      Esperamos que a agência mantenha sempre o mesmo nível de serviços, e que em nossa próxima viagem a Fortaleza possamos contar com sua ajuda!

      Excluir
  17. que blog otimo... muito bom!! adorei... Pretendemos ir pra Fortaleza em janeiro e estamos organizando nossa viagem..vc poderia nos ajudar?
    prazer em conhece-la... espero poder trocar figurinhas com vc...
    meu nome é Paula e tbm teho um blog e espero ja ja postar dicas do Ceará também...rsrsrs
    dicasrosasblogspot.com
    bjo ate mais

    ResponderExcluir
  18. Maria Inês Vargas27 abril, 2012

    Olá "Família Recomenda"!
    Sinto-me na obrigação em retribuir com um comentário no retorno da nossa viagem!
    Nos hospedamos no Hotel Mareiro na Beira-Mar, um hotel muito confortável com jeito acolhedor de pousada, perto da feirinha e dos restaurantes.
    A AGE Turismo foi muito competente. O motorista português chama-se Zeca Branco, e de fato é muito cordato, discreto e pontual. A contratação desta empresa para a realização do transfer e dos passeios vez toda a diferença em nossa viagem.
    Os passeios a Morro Branco, Cumbuco, e Beach Park foram sensacionais !
    A parte ruim de Fortaleza como pedintes, violência e prostituição não nos foi apresentada, Graças a Deus!
    Na barraca de praia Chico do Caranguejo ficamos na parte cercada, assim não eramos importunados pelos vendedores ambulantes.
    Adoramos nossa estada em Fortaleza e recomendo a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Inês,

      Agradecemos o retorno! Esse tipo de contribuição é que faz o nosso site continuar sendo atual e relevante para nossos leitores.

      Ficamos contentes que nossas dicas serviram para lhe proporcionar uma viagem mais prazerosa e tranquila, e para que vocês pudessem curtir o lado lindo e hospitaleiro do Ceará.

      Continue postando!

      Excluir
  19. Olá você sabe me dizer aonde encontro o cartão de consumo ? e que vou sexta feira ( 15/06 ) com a minha escola e não sei aonde fica =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julie, também não saberemos lhe dar essa informação, pois estávamos hospedados no Beach Park e não utilizamos o cartão.

      Se tiver mais dúvidas continue postando!

      Excluir
  20. Olá, muito bom seu blog...adorei!!! Estou pensando em passar uns dias em Fortaleza e queria ficar no Acqua Resort. Gostaria de saber qnto é a diária +-? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para saber os preços atualizados da diária, sugerimos entrar no site do Beach Park, ou contatar uma agência de turismo.

      Excluir
    2. ok. Obrigada...

      Excluir
  21. Gostaria de saber se é necessário saber nadar para frequentar o parque. Pois tenho duas filhas pequenas (7 e 8 anos), que estão aprendendo a nadar, minha esposa está grávida e eu também estou começando aprender a nadar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem saber nadar você poderá frequentar as piscinas mais rasas e não poderá ir aos escorregadores que acabam em piscinas. Vai ser divertido, mas se seu objetivo são os brinquedos mais radicais, serão poucas opções para quem não sabe nadar.

      Excluir
  22. ola
    meu nome é lidiane tou querendo fazer o anivesario da minha filha de 15 anos. queremos tirar uma ferias de 20 dias em fortaleza,ainda ñ tenho nada reservado tou pesquisando. o meu custo sairia no valor de quanto incluindo hospedagem pra quatro pessoas 2 adultos e duas adolescente, almoço café da manhã e jantar o pacote sairia no valor de quanto?

    ResponderExcluir
  23. Olá, vc tem o valor da diferença entre a meia pensão e a completa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A melhor opção para você saber isso é pedindo um orçamento no hotel, ou através de uma agência de viagens!

      Excluir
  24. Olá,
    Dos resort do beach Park qual seria o melhor e o mais novo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando estivemos no Beach Park o Aqua Resort era o mais novo, mas não sabemos se é o melhor, pois não conhecemos o Suites.

      Excluir
  25. Olá, estou indo pro Beach Park no dia 27, gostaria de saber se, dentro dos hotéis existe alguma programação noturna... Alguma musica ao vivo, pois como a cidade fica um pouco longe, imagino que tenha.. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto estivemos lá houve, sim, alguns eventos noturnos, como aula de forró e música ao vivo. Coisas simples, só pra não passar em branco.

      Excluir
  26. Parabéns pelo blog, muitas das coisas que gostaria de saber foram esclarecidas, no entanto, estarei com minha esposa e filho hospedados no Acqua Beach Park Resort, no final de Janeiro/2014 e gostaria de saber se existe comércio na região para compra de garrafinha de água, refrigerante, cerveja, doces e salgadinhos para criança, para diminuição nos custos da viagem, e se o Hotel permite entrar com estes produtos vindos de fora, para acondicionamento no frigobar....Em caso negativo, saberia me dizer os valores de produtos como água, cerveja e refrigerante no hotel ? Abç.

    ResponderExcluir
  27. Parabéns pelo blog, muitas dúvidas que eu tinha sobre o Hotel foram esclarecidas, no entanto, estarei hospedado com minha esposa e filho de 5 anos no Acqua Beach Park Resort no final de Janeiro/2014, e gostaria de saber se existe comércio na região para compra de garrafinha de água, refrigerante, suco, cerveja, salgadinhos ? Geralmente o custo destes produtos em hotéis são exorbitantes, e gostaria desta informação para diminuição nos custos da viagem, e gostaria de saber se o hotel permite a entrada destes produtos vindos de fora para acondicionamento no frigobar do quarto....Em caso negativo, gostaria de saber se sabe me informar os valores destes produtos no hotel.....Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não procuramos comércio durante nossa estadia porque escolhemos um pacote com refeições inclusas, então não chegamos a precisar. Acreditamos que deva existir, mas talvez não seja muito perto. O hotel fica num bairro com alguns prédios em volta, não totalmente isolado como outros resorts.

      Talvez seja uma boa ideia levar algumas coisas de casa. Não deve haver restrições a entrada de coisas de fora, pois o Acqua Resort oferece no quarto até uma kitchenette com equipamentos para preparo de coisas simples.

      Já no parque acreditamos que não dá pra entrar com comida de fora.

      Excluir
  28. Olá, sou de Juara- MT, estou indo para o Beach Park em abril e vou ficar hospedada no Acqua Resort, adorei suas dicas.

    ResponderExcluir
  29. Estou morando em Fortaleza há 6 meses e só agora que estou voltando para SP é que vou conhecer o Beach Park. O que mais sei do parque é que é maravilhoso e a alimentação é cara. Mas, aqui em Fortaleza o custo de vida é muito alto. Bom ... espero gostar do passeio. Obrigada pelas dicas.

    Carla

    ResponderExcluir
  30. Olá, estou querendo ir para o beach parck nesse ano em julho com uma amiga de 14 anos, minha mae de 38 e minha irma de 19, queriamos saber quanto custa os hoteis do beach park ? Se ficarmos 3 dias quanto custa? Li em alguns sites que o parck abre as 11 e fecha as 17:00, pode ir na praia depois que o parck fecha? Oque tem de legal pra fazer depois que o parck fechar? Se puder me responder ficarei muito feliz, obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sara, para ver o preço do Beach Park, entre num site de reserva de hotéis como decolar.com, expedia.com, booking.com. Veja também diretamente com o Beach Park, às vezes eles têm alguma promoção pra quem reserva direto.
      Depois que o parque fecha a opção é ficar na praia e na piscina (liberadas pra quem se hospeda no hotel), e à noite eles costumam chamar grupos de forró e outros tipos de música ao vivo pra tocar. Mas não é todos os dias, informe-se sobre a programação quando chegar ao hotel.

      Excluir
  31. oi sbe me dizer se os resorts tem recreacao,porque o parque fecha cedo ne
    obrigada Lciana

    ResponderExcluir
  32. oi sabe me dizer se os resorts tem recreacao,porque o parque fecha cedo ne
    obrigada Lciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciana, desculpe a demora em responder, mas não tínhamos visto seu comentário antes.
      No resort não tem recreação (pelo menos não quando estivemos lá), apenas música ao vivo para os adultos. Mas depois do parque você pode ir à praia (meio brava, mas gostosa), ou ficar na piscina do hotel. Não tem muita diversão para crianças além do parque.

      Excluir
  33. Meus amigo, parabéns pelo blog.
    Você poderia me dar uma dicas de como poderia fazer para viajar de trem de Toronto a Vancouver e de lá ir ao Alaska? Indo ao Alaska, posso ir de trem e de lá embarcar de volta para o Brasil? Em 15 dias, quais as cidades que você recomenda para eu não perder muito tempo, podendo assim curtir o trem? Abraços Amaro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amaro, 15 dias é muito pouco tempo para você fazer esse roteiro todo. Sugerimos fazer só uma parte da viagem:
      Opção 1: conhecer Toronto/Quebec/Montreal etc, voar para Vancouver, passear um pouco na costa oeste, e depois voltar para o Brasil.
      Opção 2: passar só 1 ou 2 dias em cada cidade (Vancouver e Toronto), e fazer o passeio de trem entre as duas parando bastante no caminho (tem muitas cidades lindas aí).
      Opção 3: fazer um cruzeiro para o Alasca partindo de Vancouver, e aproveitar para ficar na cidade alguns dias antes ou depois da navegação. Chegar ao Alasca por terra partindo do Canadá é um tanto difícil. Normalmente as pessoas fazem esse passeio num cruzeiro.
      Esperamos ter ajudado!

      Excluir

Mande seus comentários, perguntas ou mais dicas sobre este destino.