Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 3 de abril de 2011

HOLLYWOOD STUDIOS: O PARQUE MENOS "DISNEY" DA DISNEY.

Nossa viagem foi assim:
Época: janeiro *****
Faixa etária das crianças: 1-3 anos **; 3-5 anos *****; 5-7 anos *****;
7-9 anos *****


Nem mesmo na Disney, um dos melhores lugares do planeta para as crianças, tudo pode ser perfeito. Se o lugar tem um calcanhar-de-aquiles, com certeza é o Hollywood Studios. Pelo menos na nossa opinião! Muitos poderão discordar, mas nós achamos que o parque não está à altura dos demais, e não faz jus à excelência com que a Disney costuma realizar tudo que faz. Não que o parque seja ruim: Tower of Terror, Rock´n´Roller Coaster e Toy Story Mania são três das melhores atrações de toda Orlando e estão aqui. O maior problema do Hollywood Studios é a organização, ou seja, uma questão de gerenciamento.

Qual a melhor idade?

Apesar desse detalhe, o parque certamente é o melhor da Disney para adolescentes e adultos. De fato, ele foi construído como uma resposta à chegada do Universal, o parque de Orlando adolescente desde o nascimento - qualquer guia de Orlando conta a história da rivalidade entre os dois. Por isso, atinge o mesmo público. Para você ter uma ideia, a única montanha-russa da Disney de Orlando com superaceleração, e que vira o visitante de ponta-cabeça, está nesse parque: a Rock´n´Roller Coaster. Outra favorita dos radicais é a Tower of Terror, que, além do tema pra lá de arrepiante, ainda faz você despencar inúmeras (e imprevisíveis) vezes de uma altura de quase 15 andares.

A diferença é que, de alguns anos para cá, a Disney começou a introduzir mais personagens, especialmente da Pixar, nas atrações e na parada diária, de modo que as crianças pequenas também têm muito que curtir, enquanto seus pais ou irmãos mais velhos estão nas atrações radicais. Um dos melhores brinquedos de Orlando para toda a família está aqui: o Toy Story Mania, que combina interatividade com efeitos em 3D. Rapidamente tornou-se o brinquedo mais concorrido de todo Walt Disney World; aqui os fastpasses do dia todo acabam lá pelas 11:00 da manhã, não importa o dia em que se visite!

Quanto tempo reservar para o Hollywood Studios?

Além das atrações estelares, o Hollywood Studios tem outras razoavelmente boas, principalmente "teatrais". A maioria delas vai agradar apenas a uma parte dos visitantes, portanto, se sua família concordar em se dividir para economizar tempo, cerca de 6 horas são suficientes para visitar esse parque. Dessa forma, dificilmente você vai precisar de um dia inteiro para conhecê-lo.

Por exemplo, as meninas vão se encantar com Little Mermaid, e morrer de tédio no show de dublês, enquanto que os garotos gostarão justamente do último e de levar alguns chacoalhões em Star Tours. As crianças pequenas vão se divertir muito no show do Disney Junior (anteriormente Playhouse Disney), enquanto que os irmãos mais velhos não vão sossegar enquanto não estiverem com os pés para cima, no meio do looping da Rock´n´Roller Coaster, ou de cabelos literalmente em pé na Tower of Terror... Como você pode ver, conciliar interesses nesse parque é bem difícil. As poucas unanimidades serão Toy Story Mania e Muppet Vision 3D, dos quais todo mundo gosta, e Sounds Dangerous with Drew Carey e Journey Into Narnia, dos quais até hoje não encontramos ninguém que goste...

Dicas para visitar

As únicas atrações que vão exigir algum tipo de cuidado especial serão o Toy Story Mania e o Fantasmic!, show noturno que ocorre 2 ou 3 vezes por semana no Hollywood Studios. Veja abaixo o relato de nossa experiência traumática com o Fantasmic, mas de antemão o que podemos dizer é o seguinte: se você não fizer questão de assistir ao show, evite a qualquer custo visitar o Studios nos dias da semana em que ele ocorre. Verifique os dias no site da Disney antes de viajar, e procure confirmá-los quando chegar a Orlando.

O show é uma das atrações mais bem cotadas da Disney, mas tem o problema de ser exibido somente 2 ou 3 vezes por semana, e ainda por cima em um teatro enorme, com capacidade para cerca de dez mil (!)pessoas. Isso mesmo, nos dias em que o show acontece, nada menos que dez mil pessoas se dirigem ao Hollywood Studios para assisti-lo. Imagine uma parte dessa multidão toda passando o dia no parque antes do show, e ainda por cima no único parque da Disney que não tem a organização necessária para acomodar bem as multidões. É a receita certa para um dia de caos e irritação, que será coroado à noite com mais um pouco de nervosismo e até mesmo brigas entre os visitantes.

Portanto, nossa recomendação é que você evite ir ao Hollywood Studios a qualquer custo nos dias de Fantasmic. Se você fizer questão de ver o show, passe o dia no shopping ou em Orlando e chegue ao parque cerca de 2 horas antes do horário marcado. Dirija-se imediatamente para o teatro, e fique lá plantado por quase 2 horas esperando o início da apresentação. Nenhuma outra estratégia funcionará, se você quiser assistir o show de um lugar razoavelmente confortável, sentado, e com certa visibilidade. Deixe para conhecer o Studios outro dia, em que não haja apresentação, pois a multidão será muito menor.

A escolha do meio de transporte para chegar ao parque nos dias de Fantasmic é um dilema para o qual não encontramos resposta. Se você for de carro, chegando na parte da tarde dificilmente encontrará lugar próximo à portaria do parque para estacionar, e terá que andar bastante no estacionamento, além de enfrentar uma fila gigantesca para pegar o tram na saída. Se for de transporte Disney, terá um problemão com as multidões ao sair do parque, pois nem precisamos dizer que dez mil pessoas saindo de um lugar ao mesmo tempo entopem todas as vias e meios de transporte.

Área do parque que fecha mais cedo.
Mesmo nos dias mais cheios, uma parte do parque fecha muito cedo. Lá pelas 4 da tarde, você não vai mais encontrar lugares para comer, por exemplo, na área mais remota do parque, próximo ao Muppet Vision 3D. Além disso, se você chegar depois das 11, corre o risco de não encontrar mais fastpasses para o Toy Story Mania, e perder horas na fila para curtir o brinquedo. Portanto, nesse parque o horário certo para visitar é, sem dúvida, de manhã.

O Hollywood Studios é pequeno, se comparado com os outros parques da Disney. Seu layout é um pouco confuso, pois não tem um formato circular como os demais. O acesso, logo que você passar as catracas, é feito por uma rua comprida que desemboca no famoso chapéu de feiticeiro do Mickey, símbolo do parque. Essa é a única área imediatamente reconhecível do parque, mas não marca exatamente o centro do mesmo. As áreas ao redor do chapéu são distribuídas desigualmente, tendo muito mais extensão à esquerda de quem entra do que à direita.

Se você virar à direita antes de chegar ao chapéu, outra rua comprida leva à área onde estão a Rock´n´Roller Coaster e Tower of Terror, bem como o anfiteatro onde ocorre o Fantasmic. Se, ao invés disso, você for reto até a parte posterior do chapéu, vai passar por uma entrada e chegar à Pixar Place, cuja única atração é o Toy Story Mania. Entre essas duas áreas, está o Animation Courtyard, que na verdade não tem muita personalidade própria.

À esquerda do chapéu está uma área bem grande, em forma de leque, que ocupa a maior extensão do parque. Na extrema esquerda localiza-se um lago, ao redor do qual estão alguns restaurantes e o Indiana Jones. Em seguida, vem o Backlot, onde há os shows de dublês, shows de efeitos especiais e o Muppet Vision 3D. Essa é a área que fecha mais cedo, tanto os restaurantes e lanchonetes quanto algumas atrações.

Para curtir bem o parque, chegue cedo, logo na abertura, e pegue em primeiro lugar o fastpass para o Toy Story Mania. Se a fila tiver menos de 30 minutos, pegue o passe e aproveite para ir pela primeira vez no brinquedo. Ele é absolutamente viciante, então certamente uma vez só não será suficiente. Com fastpass em mãos, siga para as atrações radicais, se você estiver com adolescentes ou crianças maiores. A que forma filas mais rápido é a Rock´n´Roller Coaster, então vá nela primeiro. Em seguida, dirija-se para a Twilight Zone Tower of Terror, que enche mais devagar por ser mais amedrontadora. Nesse meio tempo, aproveite para levar as crianças pequenas no Disney Junior e Voyage of the Little Mermaid, que ficam ali perto.

Uma dica importante é dar uma olhada nos horários dos shows assim que chegar ao parque: Beauty and the Beast, Indiana Jones Epic Stunt Spectacular, Voyage of the Little Mermaid e Lights, Motors, Action! ocorrem apenas algumas vezes por dia. Cada um fica num canto do parque, então o ideal é assistir a cada um num horário diferente, de acordo com o local do parque onde você estiver naquele momento. Se houver uma apresentação de Beauty and the Beast e do Little Mermaid (e se for do seu gosto, é claro), assista-os de manhã.

No momento em que você estiver voltando para o chapéu do Mickey, para curtir as atrações do outro lado do parque, provavelmente já terá chegado o horário do seu fastpass para o Toy Story. Vá de novo no brinquedo, e então continue em direção à extremidade oposta do parque. Pegue um fastpass para o Star Tours, e, se tiver algum show do Lights, Motors, Action ou do Indiana Jones nesse horário, assista-os. Se já for o horário do almoço, os restaurantes à la carte do Studios ficam todos nessa área. Depois, explore à vontade: Muppet Vision 3D e o Studio Backlot Tour valem a visita. Só não deixe para lanchar nesse pedaço, pois tudo fecha por volta das 16 horas.

A reinauguração do Star Tours em 2011 pode afetar a sua visita. Dependendo de quão bom for o brinquedo, pode até dividir um pouco as multidões do Toy Story Mania. Se a audiência do Star Tours for grande, vale a pena você pegar o fastpass para ele ainda na parte da manhã, mesmo que isso signifique mandar alguém lá para o outro lado do parque buscar fastpass para todos, enquanto os demais curtem as atrações perto do Tower of Terror.

A parada do Studios é especialmente recomendada para famílias com crianças pequenas. O parque está passando por um processo de "pixarização", em que os personagens dos filmes Pixar estão sendo introduzidos em atrações, sessões de autógrafo (Woody e Buzz ficam num lugar fixo, perto do Toy Story Mania), fotos (Tow Mater e Relâmpago ficam "estacionados" aqui), e na parada diária. Veja o horário e o trajeto da parada no mapinha, e, como em todas as paradas Disney, saiba que você não vai conseguir se deslocar pelo parque enquanto ela estiver em andamento.

O trauma de Fantasmic!

O show em si pode até ser muito bonito, com efeitos especiais pra ninguém botar defeito. Mas, em nossa opinião, não vale o sofrimento que a Disney faz as pessoas passarem para assisti-lo. Somos contra as atitudes mercenárias que às vezes encontramos nos parques, mas nesse caso arriscamos dizer que seria muito melhor a empresa cobrar um valor adicional para os visitantes entrarem. Nos guias de viagem, lemos sobre o Fantasmic Dinner Package, que supostamente pouparia os que o adquirem de passar horas sentados num banco duro, passando frio ou calor, para assistir ao show.

O esquema funciona assim: você faz uma reserva antecipada, com vários meses de antecedência, para o pacote. Escolhe um dos restaurantes elegíveis para jantar, e recebe um voucher que dá direito a entrar em uma área separada do teatro do Fantasmic, onde todos que adquiriram o pacote podem se sentar sem precisar esperar horas. O único requisito era chegar cerca de 30 minutos antes do horário do show.

No dia em que reservamos o pacote, todos os horários para os 3 restaurantes já estavam tomados. Ofereceram-nos um horário para "jantar" às 16:30... Bem, para poder economizar 2 horas de nossas vidas, aceitamos. Chegamos no horário ao restaurante, "almojantamos", e pegamos nossos vouchers para o teatro. Brincamos um pouco mais e subimos a ladeira que leva ao teatro, em meio a uma multidão inacreditável: parecia que estávamos entrando em um estádio para ver um jogo de futebol.

Quando chegamos à entrada do teatro e mostramos nossos vouchers, a funcionária da Disney nos informou na maior cara lavada que os lugares reservados haviam sido liberados porque o show estava muito cheio. Não pudemos acreditar em nossos ouvidos! Depois de ter feito a reserva com meses de antecedência, de pagar caro pelo jantar e ainda por cima tendo que comer num horário absolutamente esdrúxulo (quem tem criança pequena sabe o perrengue que é almoçar ou jantar no horário errado), quando chegamos lá a administração tinha liberado nossos lugares. Totalmente inacreditável. Nem parecia Disney...

Como estávamos entre os últimos a entrar - as pessoas chegam no mínimo uma hora e meia antes do horário - fomos direcionados a um lugar no fundo do anfiteatro, onde as pessoas são obrigadas a ficar em pé para assistir ao show. Desnecessário dizer que, com tantos adultos em pé, as crianças não conseguiam enxergar nada, e cada um de nós teve que segurar uma criança no colo por longos 35 minutos, para que pudesse ver alguma coisa do show. Nem conseguimos curtir a apresentação, e muito menos ver a "magia" que todos os visitantes dizem haver no show.

A irritação, contudo, não era exclusividade nossa, que havíamos sido solenemente enganados pela empresa. Com um show tão cheio e um teatro tão mal estruturado, todos estavam nervosos. À nossa volta, pessoas discutiam e disputavam lugares na base da cotovelada. Os cadeirantes brigavam com outras pessoas para poder estacionar suas cadeiras de roda em locais que não atrapalhassem a passagem. Os próprios funcionários da Disney davam bronca nas pessoas, para que não ficassem nas áreas de escape, e direcionavam os que chegavam atrasados, nervosamente, falando sem parar em seus walkie-talkies. Realmente uma cena lamentável para um lugar que, de outra maneira, jamais havia nos decepcionado. E o pior é que, caso chova, o show pode ser cancelado e você perde o direito de sentar-se no lugar designado, sem direito a compensação.

Ao chegar ao nosso hotel, naquela noite, fomos à recepção dizer que tínhamos uma queixa formal para fazer à administração da Disney. A própria gerente do hotel se prontificou a escutar nossa reclamação, imediatamente oferecendo uma nova oportunidade para vermos o show na área reservada. No entanto, o Fantasmic só é encenado 2 a 3 vezes por semana, e a próxima apresentação só ocorreria depois de nossa partida. A gerente gentilmente nos deu um crédito de refeição para qualquer restaurante do WDW, o qual utilizamos no dia seguinte no Magic Kingdom. Como você pode ver, o padrão Disney de atendimento está em todo lugar, MENOS NO HOLLYWOOD STUDIOS!

Restaurantes e refeições com personagens.

Sem querer acabamos indo parar num almoço com personagens no Hollywood & Vine ***. Fizemos uma reserva baseados apenas no horário do almoço, no número de créditos do Dining Plan requeridos, e na disponibilidade de lugares. Quando chegamos ao restaurante, estava repleto de bonecos do Playhouse Disney - Manny, Osito, Mini Einsteins, etc. Para dizer a verdade, não conhecíamos a maioria dos personagens, mas as crianças bem pequenas à nossa volta pareciam empolgadas por estar almoçando com eles. Portanto, se você tiver crianças pequenas que gostam do programa, saiba que o almoço não é difícil de reservar, tem comida de buffet bem variada e razoável, e, principalmente, sobremesas de dar água na boca!

Buffet do Hollywood & Vine
Esse parque tem várias opções de restaurantes à la carte. Um dos melhores restaurantes dos parques, unanimemente elogiado pelos visitantes, é o Hollywood Brown Derby. Nunca chegamos a experimentá-lo porque utilizamos o dining plan, e uma refeição lá consome 2 créditos do plano, o equivalente a 60 dólares por pessoa. Se custo não é problema para você, e quiser experimentar o restaurante, faça reservas o quanto antes, caso contrário não encontrará disponibilidade.

Outra opção à la carte é o 50´s Prime Time Café, com ambiente dos anos 50 e garçonetes que brincam com os visitantes, como se fossem a "mamãe" mandando você comer tudinho. No Sci-Fi Dine-in Theater cada família se senta em um carro de mentirinha, e almoça assistindo a filmes. Também não chegamos a experimentá-los.

O Mama Melrose´s Ristorante Italiano ** fica num recanto bem distante do parque, e serve comida italiana sem muita inspiração. Massas com molhos pesados e um serviço apressado e desatencioso fazem desse restaurante uma das últimas opções que utilizamos quando vamos ao Studios.

Entre os quick services, o destaque fica para o Pizza Planet, que é inspirado na pizzaria do Toy Story, e cujo ambiente vai agradar em cheio aos fãs do filme, com direito a jogos eletrônicos e tudo mais. Particularmente gostoso para o café-da-manhã é o Starring Rolls Cafe, que oferece muffins, croissants e cappuccinos.

Atrações

Como sempre, seremos estraga-prazeres nas inúmeras atrações desse parque, que reservam as maiores surpresas de toda a Disney para os visitantes. Se você não quiser saber os detalhes, não leia essas descrições.

1. Rock´n´Roller Coaster *****: não precisa ser fã do Aerosmith para gostar dessa montanha-russa. Mesmo quem não gosta deles vai achar sua aparição no filminho do pré-show bem simpática, e essa aparição estabelece um tema muito legal que permeia todo o trajeto. Os integrantes do Aerosmith são chamados às pressas por sua agente, porque estão atrasados para o próximo show, mas dizem: "o que vamos fazer com toda essa gente aí?" (nesse caso, nós, os visitantes). E mandam a agente arrumar limousines para levar todo mundo para assistir o show em uma área vip.

Os visitantes são direcionados para a área de embarque, onde sentam-se nas famosas limousines com alto-falantes bem na orelha tocando rock no último volume. Já que estamos com "pressa" para não chegarmos atrasados ao show, logo de cara a limousine dá uma acelerada de fazer a pele desgrudar dos ossos. Daí em diante, você estará em uma corrida desabalada por toda Los Angeles, com direito a placas de sinalização em cores néon, curvas e loopings radicais, com o objetivo de chegar ao show a tempo. No final, a área de desembarque das limos é tematizada como se fosse a entrada vip de um teatro, com direito a marquise iluminada e tapete vermelho. Dá mesmo a sensação de que você está entrando num show de verdade!

Desnecessário dizer que essa montanha-russa não é pra qualquer um. É preciso gostar do gênero, e ainda por cima não ter medo do escuro. A primeira aceleração já faria muita gente colocar o coração pra fora, e todo o restante do trajeto tem o mesmo ritmo frenético e veloz. Para quem não curte muito, fique longe. Para quem gosta, é o céu. A melhor montanha-russa de toda Disney World!

Interior da Tower of
Terror.
2. Twilight Zone Tower of Terror *****: se disserem para você que é apenas um elevador com tema de terror, não acredite. Essa atração é muito mais que um simples elevador - na verdade, o fato de despencar de 15 andares é quase ofuscado pela meticulosidade do tema e pelo fator surpresa. A entrada e a fila desse brinquedo já dão arrepios nos mais medrosos: você passa pela recepção do hotel, pelas áreas de serviço, caldeiras, etc. Tudo decrépito e escuro, pois o hotel foi abandonado há anos, depois que um acidente no elevador matou várias pessoas que estavam dentro dele, despencando do 13o andar.

Chega sua própria vez de embarcar no elevador: um bellboy (gente de verdade) com ar sombrio direciona os visitantes para se sentarem nos elevadores, em grupos grandes de cerca de 20 pessoas. Cada elevador começa a se mover, através de trilhos, passando por áreas abandonadas do hotel e mostrando até imagens "holográficas" dos fantasmas que habitam o lugar. Seu elevador então começa a subir, subir, subir, até que atinge o fatídico 13o andar. Deste momento em diante, não existe mais unanimidade ou uniformidade nos movimentos que o elevador faz.

Cada vez que você for nessa atração, terá uma sequência diferente. O elevador pode despencar vários andares e subir de volta várias vezes, ou despencar poucos andares e começar a voltar imediatamente, repetindo o movimento. As portas que dão vista para fora do brinquedo também abrem aleatoriamente, podendo permitir alguns segundos para que você tenha uma vista completa do parque, antes que o elevador despenque lá de cima. Uma das sensações mais incríveis desse brinquedo é que, entre terminar uma subida e começar uma descida, não há "breque", ou seja, é um movimento contínuo, semelhante ao que faz uma bola quando jogada para cima. Uma hora você está subindo, e quando menos se dá conta, os cabelos de todos à sua volta estão voando porque a queda começou. Incrível!

Depois que essa sequência inacreditável de subidas e descidas terminar, seu elevador fica num escuro total e retorna para o lugar de onde tinha saído. Às vezes, nesse ponto, em que você pensa que tudo terminou, o elevador retorna para cima e uma nova (e curta) sequência de quedas se inicia. Pela descrição, você pode ver que esse brinquedo não é para os fracos. As sensações são, de fato, muito fortes, mas estão longe daquele frio deseseperador na barriga que os elevadores convencionais podem fazê-lo sentir. Se você gosta de atrações radicais, mesmo que não seja fã de elevadores que despencam, faça uma tentativa no Tower of Terror, e sinta o poder da Disney de surpreender as pessoas. Se não gostar de escuro, histórias de terror, ou de ver seus cabelos voando sem saber como, mantenha distância.

Carrinho do Toy Story Mania.
3. Toy Story Mania *****: a atração mais disputada de toda a Disney. O motivo? É fantástica, viciante, e agrada a todos, de 1 a 101 anos. Ainda mais agora, que o filme Toy Story 3 acaba de ser exibido nos cinemas, reacendendo o fanatismo de crianças de todas as idades por Andy, Buzz e companhia. A área de fila já é impressionante, toda decorada com brinquedos, jogos e giz-de-cera em tamanho gigante, como se os visitantes tivessem o tamanho dos personagens do filme. A certa altura, até um Sr. Cabeça-de-Batata gigante, que se mexe e fala de verdade, aparece para enriquecer ainda mais o cenário.

Mr. Potato Head.
Os visitantes embarcam aos pares em carrinhos com capacidade para 4 pessoas, munidos de óculos 3D. Os carrinhos vão levando você por uma sequência de telas que simulam jogos de parque de diversão à moda antiga: tiro ao alvo, lançamento de argola, jogo de dardos para estourar balões... Cada visitante tem sua própria "arma", que vai acionando e direcionando para as telas, e vai acumulando pontuação de acordo com seus acertos. A "munição" é virtual: com os óculos 3D, o efeito que se tem é que da arma estão saindo argolas, discos, dardos e até tortas! Por todo o trajeto, os personagens de Toy Story vão te incentivando e explicando o que você deve fazer em cada tela.

Pontuação individual.
Ao final, você verá sua própria pontuação numa telinha à sua frente, e poderá ver a pontuação máxima do carrinho em que você embarcou, bem como a máxima do dia. Aqueles com espírito mais competitivo costumam viciar nesse jogo, e não sossegam enquanto não atingem uma pontuação bem alta. O único problema é que, a cada vez que você for jogar aqui, precisará ficar 1 hora na fila. Apesar do ambiente um pouco escuro (por causa das projeções em 3D), o brinquedo é animado, bem humorado e tem personagens muito queridos mesmo pelas crianças mais novas. Dificilmente dará medo nos pequenos. Mas atenção: cada carrinho pode acomodar dois adultos e uma criança pequena, mas tem apenas 2 armas, portanto um dos 3 vai ficar sem atirar. E somos capazes de apostar que os pais vão brigar com os filhos pra ver quem vai usar a arma, pois o brinquedo é muito divertido!

Playhouse Disney.
4. Playhouse Disney ****: agora essa atração se chama Disney Junior, pois foi retematizada com os personagens do novo canal dedicado somente a crianças pequenas. A maioria desses personagens já estava presente no antigo show, portanto imaginamos que a mudança foi apenas no enredo, não na essência. Esperamos que não tenha mudado muito, pois ele já era divertidíssimo para crianças pequenas. Atores de verdade contracenavam com marionetes muito bem boladas e comandadas, num show alegre, repleto de músicas e personagens queridos. A plateia se senta no chão acarpetado, dando muita liberdade a bebês ainda de fraldas, que dançavam, cantavam e batiam palmas ao som das músicas do Playhouse Disney. Se seu filho é fã, não deixe de assistir!


Acrobacias no Indiana Jones.
 5. Indiana Jones Epic Stunt Spectacular ****: o velho professor de arqueologia, que foi tão querido na infância dos pais de hoje, está com a imagem um pouco desgastada e já não é tão famoso entre as crianças. Mesmo assim, muitos meninos gostam da série - assim como de Star Wars - seja por influência de seus pais, seja por causa do filme mais recente. Se houver algum caso desse na sua família, esse show é imperdível. Caso contrário, é uma aposta: vocês podem gostar, como podem achar um tédio. Logo no início, pessoas da plateia são selecionadas para participar de algumas cenas. A ideia desse show é mostrar como cenas de ação são filmadas, usando como base o filme de Indiana Jones.

A primeira cena do show, em que Indiana desvia de flechas, de chamas que saem do chão, e de uma pedra gigante redonda que rola em sua direeção, certamente agradará à maioria. A cada sequência de ação, segue-se uma explicação sobre os efeitos envolvidos. Além da pedra rolando, há também sequências de luta, dublês caindo de prédios, e até um carro que explode e vira de ponta-cabeça. O grande problema do show é o ritmo, pois as cenas são seguidas de explicações, supostamente para dar tempo à equipe para preparar a próxima bateria de efeitos.

O teatro onde ele é feito é semi-aberto, com uma cobertura, e é bem grande. Portanto, se você chegar cerca de 15 minutos antes do horário, conseguirá um ótimo lugar para assisti-lo. Se alguma criança pequena começar a chorar ou ficar com medo (é um pouco barulhento), dá pra sair no meio sem problemas.

6. Muppet Vision 3D ****: essa atração é bem antiga e mostra sinais de envelhecimento, principalmente agora que os efeitos 3D já estão até dentro da casa das pessoas. Nesse caso também, o tema já está desatualizado, podendo trazer uma certa nostalgia aos trintões que cresceram assistindo Caco e Piggie. No entanto, o bom humor e as trapalhadas dos Muppets não perdem o encanto, e continuam lotando esse cinema em quase todas as sessões. Estivemos lá com nossas crianças que pouco conhecem sobre os Muppets, e elas se divertiram tanto com o filme que acabamos comprovando que ele é atemporal.

Na história, os simpáticos bonecos estão preparando um show em que Piggy é a estrela, e obviamente aprontam todo tipo de trapalhada. O que é diferente é a aparição de alguns bonecos de verdade fora da tela, que interagem com os personagens do filme. Apesar de estar sempre quase cheio, esse cinema tem uma capacidade bem grande, portanto dificilmente há filas ou espera para entrar. Só terão problemas as crianças bem pequenas que têm medo de cinema (escuro e barulhos altos).

7. Studio Backlot Tour ****: o tour se inicia a pé, e a primeira demonstração é de efeitos com água. A ideia aqui é mostrar um pouco dos efeitos e do backstage de produções cinematográficas. Em seguida, todos embarcam em grandes "trams", espécie de trenzinhos, e são levados por um tour através de cenários e objetos usados em filmes. O destaque desse passeio é o Catastrophe Canyon, em que uma inundação-relâmpago e explosões de verdade ocorrem bem diante dos olhos dos visitantes. Não vá se seus filhos tiverem medo de tempestades. O fogo da explosão também é bem quente!

Jedi Academy: apresentação ocorre
em frente ao Star Tours.
8. Star Tours (sem avaliação): o antigo Star Tours era um simulador à moda antiga, em que a audiência se sentava em grupos, em cabines que se moviam em sincronia com o filme na tela. A qualidade do filme e o nível técnico do simulador já estavam deixando a desejar. A Disney não perde tempo, então a atração acaba de ser reformada, e agora inclui efeitos e personagens dos novos filmes da série (episódios I, II e III). Não conhecemos a nova versão, portanto não podemos dar nossa opinião. Mas baseados na versão antiga, aconselhamos os visitantes com crianças mais medrosas, ou que tenham estômago fraco, a se informarem bem antes de entrar, pois os movimentos do simulador são bem realistas e podem dar enjoos.

Essas são as principais atrações do Hollywood Studios. Não tivemos oportunidade de conhecer as demais, então se você tiver visitado o parque recentemente, e tiver uma opinião sobre alguma das atrações que não constam aqui, poste um comentário para ajudar nossos leitores.


Post gentilmente revisado por A.K.Arahata.

60 comentários:

  1. Ola FR!!!!! Concordo em gênero, número e grau com vcs!!! Realmente, o DHS deixa mto a desejar, n seguindo o padrão Disney. Acho o parque meio abandonado e improvisado. Inclusive, como fomos no ano passado, até pensei em n visita-lo novamente. Mas, pelo preço do pacote dos ingressos acho que vale a pena, pelo menos pra ir no Toy Story e no Fantasmic (graças a Deus, chegamos cedo e n tivemos probelmas pra sentar). Mais uma vez, parabens pelo post e obrigada por compartilharem td isso conosco. Abs, Erika Nobre
    PS: estou super ansiosa para o Disney Dream!!! Mas ja esta td pronto, ja fizemos o check on line e as reservas das port adventures... Agora eh so sonhar...

    ResponderExcluir
  2. Você viu a revista Viaje Mais desse mês? Tem uma matéria sobre o navio. Não acrescenta muitas informações novas, mas sei que, antes de irmos viajar para um lugar novo, muitos de nós sofremos de "stress pré-viagem", tendo vontade de ler absolutamente tudo sobre o lugar que vamos visitar... Se for o seu caso, vale a pena dar uma olhadinha!

    Quanto ao DHS, o Toy Story Mania ainda é o melhor brinquedo para crianças pequenas. Com o Park Hopper, dá pra passar algumas horas lá, e ir embora correndo antes que a irritação com a falta de organização te domine.

    Aproveite bastante o Dream, e depois não esqueça de passar aqui para deixar seus comentários sobre o navio, principalmente se descobrir alguma coisa nova que não chegamos a conhecer!

    ResponderExcluir
  3. Recomendo o "The Great Movie Ride". É um passeio pelos filmes clássicos do cinema num barquinho onde o guia algumas vezes se torna parte integrante de cenas de ação. Pra quem gosta de cinema é imperdível.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pela dica! Não chegamos a experimentar o Great Movie Ride porque, para as crianças, não pareceu muito interessante, já que é sobre filmes que elas nunca assistiram. Quanto aos adultos que gostam de cinema, deve ser bem legal!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, o Hollywood Studios é o meu parque favorito da Disney. Tudo bem que nunca fui com meus filhos. Só quando era adolescente e depois de casada, mas só com o marido. Talvez com crinaça não seja a mesma coisa. Mas o show Fantasmic com certeza é um dos motivos para eu amar tanto o parque. O show é lindo e diferente dos outros parques. Talvez tenha sido decepcionante pra vocês por conta de todos os inconvenientes do dia. Quando eu fui em maio de 2010, num domingo em que haviam 2 sessões do show no mesmo dia e o parque por conta disso fechava as 23h, foi perfeito. Chegamos no parque umas 10h da manhã, fomos na parte do Rockin Roller Coaster e Elevador primeiro, e depois passeamos pelas outras atrações dos parques. Tinhamos nos programado para assistir a primeira sessão do show às 19h, mas quando chegamos já tinha lotado e eles não nos deixaram entrar. Aí resolvemos ir no Pizza Planet e comer com mais calma, depois aproveitamos para repetir a dose na montanha russa e no elevador, que ficam do lado da entrada para o anfiteatro do show. Fomos uma 5 vezes seguidas na Rockin Roller Coaster, só para conseguir uma foto boa de toda a turma. Depois entramos na fila, que já estava cheia, mas ainda tranquila. Arrumamos um lugar central, mas não excepcional e assitimos ao espetáculo descalços, já com os pés doídos de todo o dia... Mas com certeza foi maravilhoso. Talvez valha a pena tentar em uma outra vez...
    Bjus
    Brenda

    ResponderExcluir
  6. Oi, Brenda,

    Já estivemos no DHS 3 vezes, uma delas só entre adultos e as outras 2 com crianças. Realmente, se você vai só com adultos, pequenos detalhes como o atendimento dos restaurantes, o fechamento precoce de atrações e lanchonetes, a grande distância para encontrar banheiros funcionando, tudo isso passa despercebido. Por isso, da primeira vez nem notamos esses detalhes. Já nas outras 2, pequenos problemas aconteceram reiteradamente, por isso colocamos nesse post.

    Tanto o DHS quanto os parques do Universal têm esses problemas de funcionamento e atendimento, mas que pouco afetam visitantes adultos. Portanto, são ótimas opções para jovens e adolescentes, pois as atrações contidas nesses 3 parques são, de longe, as melhores de Orlando para quem tem mais de 1,20m de altura!

    Agradecemos o comentário e pedimos que continue postando suas opiniões, pois elas são muito úteis aos visitantes do blog - especialmente se forem diferentes das nossas!

    ResponderExcluir
  7. nossa adorei o site vcs vão comentar detalhes dos outros parques também? viajo ano que vem mas já estou anotando todas as dicas..como vou ficar hospedada no hotel da disney vou deixar para ir no parque no dia q não tem fantasmic e vou ir especialmente para o show outro dia..o ruim vai ser estacionar mas acho q vai valer mais a pena pelo q li né!

    ResponderExcluir
  8. Oi Carolina,

    Obrigada pelos comentários!

    O grande problema do Fantasmic é que a Disney reduziu muito a frequência dos shows, para três ou quatro vezes por semana, por isso ficou mais difícil assisti-los. Se você der sorte e ir numa semana em que haja 6 ou mais apresentações, talvez não sofra tanto. Mas isso é cada vez mais raro, nesses tempos de crise (ainda) nos EUA.

    Já vimos que você encontrou os posts para os outros parques, mas responderemos sua pergunta mesmo assim, caso algum outro leitor fique com a mesma dúvida.

    Temos posts sobre 6 parques de Orlando: Magic Kingdom, Animal Kingdom, Disney Hollywood Studios, Epcot, Universal e Islands of Adventure, com destaque para o Wizarding World of Harry Potter. Para acessar qualquer um desses posts, basta clicar sobre o nome do parque no menu à direita do blog.

    Boa leitura!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Sua dicas sobre HS são maravilhosas!
    Não tivemos esta péssima impressão do Fantasmic, muito pelo contrário! Sou meio atrasilda e acabei me enrolando com os horários e acabamos chegando para o show quando ele já estava começando. Conseguimos lugares bons, todos conseguimos ver bem o show todo e saímos com tranquilidade. Talvez tenhamos dado muita sorte! Fomos em novembro, que acho ser o mês mais tranquilo de todo o ano.
    Um abraço,
    Odette

    ResponderExcluir
  10. Odette,

    É muito bom ouvir opiniões diferentes das nossas, e experiências mais satisfatórias! Pelos inúmeros comentários que temos recebido, percebemos que assistir o Fantasmic é mais tranquilo nas épocas fora das férias - no seu caso, novembro, e também leitores que relataram ter assistido em maio.

    De julho a setembro de 2011, a Disney está encenando o Fantasmic todos os dias da semana, o que deve melhorar muito as condições para assisti-lo. Na época em que fomos, era janeiro e havia shows apenas 3 ou 4 vezes por semana.

    Continue postando suas dicas!

    ResponderExcluir
  11. Nossa, me encontrei no site de vocês. Fui a primeira vez em janeiro de 2010 com a família e um grupo de amigos que faziam toda programação pela gente, porém agora estamos indo somente com as crianças e vou precisar me orientar bastante, pois sinto que deixei de fazer muita coisa da primeira vez. Com o blog, acho que vou conseguir realizar muito mais!!!! Não vamos em todos os parques como da primeira vez, mas teremos que ir ao HS, por causa do Toy Story, é imperdível!!!!
    Abs
    Bruna

    ResponderExcluir
  12. Bruna,

    Esperamos que nossas dicas possam ser úteis. Temos muitos posts sobre a Disney e Orlando, vá clicando no nome dos lugares no menu à esquerda para ler as postagens.

    Se houver alguma dúvida que não está nos posts, poste também suas perguntas, e ajudaremos no que for possível.

    Planejar a viagem é metade da diversão. Portanto, dessa vez pode apostar que você vai se divertir o dobro!

    ResponderExcluir
  13. Oi, FR!! Então...no HS estão "vetadas" a montanha russa do Aerosmith e a Tower of Terror? Ou vc acha que dá para ir na Torre? Obrigado!

    ResponderExcluir
  14. César,

    A Rock´n´Roller coaster é rápida e tem partes que virarão você de ponta-cabeça. Mas é fantástica para quem gosta de emoções! A Tower of Terror provavelmente não será recomendável para sua esposa, mas seus filhos podem gostar. Não é um elevador comum: depois de passar por cenários fantásticos e assustadores, a gôndola sobe e desce no escuro de maneira imprevisível.

    Sei que tudo isso parece bem emocionante, mas sugiro a você que, caso você e sua esposa achem que é emoção demais, deixem seus filhos irem pelo menos uma vez, para ver se eles gostam.

    Pela ordem, você pode deixar eles irem primeiro nas montanhas-russas mais light, como a Space Mountain e as outras do MK. Depois, a Expedition Everest no Animal Kingdom é uma boa candidata para seus filhos verem até ondem aguentam... E se eles gostarem da Everest, podem começar a ir na Rock´n´Roller Coaster, Dragon Challenge, etc.

    Se eles forem como a maioria dos pré-adolescentes que conhecemos, temos quase certeza que eles não vão mais querer sair dessas montanhas-russas!

    Pense nisso!

    ResponderExcluir
  15. Que horas Mais ou Menos da para chegar no parque. No horario de Orlando

    ResponderExcluir
  16. Infelizmente não conseguimos entender a pergunta. Se quiser, fique à vontade para postá-la novamente com maiores explicações. Caso seja um assunto em que possamos lhe ajudar, postaremos uma resposta assim que possível.

    ResponderExcluir
  17. A respeito da atração Tower of Terror, esse brinquedo fica na Universal Studios em Orlando ou Disney's Hollywood Studios (MGM)?

    ResponderExcluir
  18. Tici,

    Muitas pessoas confundem o Universal e o Hollywood Studios, pois ambos têm como pano de fundo principal estúdios e produções cinematográficas.

    A Tower of Terror fica no Hollywood Studios (veja avaliação do brinquedo acima, no post), o antigo MGM, que faz parte do complexo Walt Disney World. O Universal fica em outro local, e é administrado por outra empresa.

    ResponderExcluir
  19. Fantasmic é uma das apresentações mais lindas que eu já vi , é perfeito maravilhoso , te faz voltar a infância... Eu indico a todos que forem visitar o parque que nao deixem de ver , e imperdível.

    ResponderExcluir
  20. Olá, fui para Orlando, a uns 15 anos atraz, lembro de ter conhecido quase tudo por lá, fiquei uns 15 dias.
    Mas nao me lembto ao certo, se gostei ou nao, se valeu a pena, quais as melhores atrações.
    Estarei voltando com minha familia esse ano, mas com a metade do tempo, 7 dias, portanto, ja começo a ficar procurando informações do que fezer e do que deixar de lado. Achei o blog muito interessante e está ajudando bastante. Meu filho tem 13 anos, mas é mais voltado as atrações radicais, com aventuras, nada muito bobo ou "infantil". Melhora muito, pois as atrações que agradam a adultos e adolecentes, serão as que ele vai gostar tbm.
    Assim, podemos deixar de lado as atrações infantis, parquinhos, showzinhos e ir direto ao que interessa, aproveitando o pouco tempo.
    Na verdade sao 8 dias, sendo que o primeiro, o voo chega as 10:40 da manha, por isso peço ajuda, dentro do que relatei, qual parque vcs sugerem, que de para se conhecer na metade do dia, pois a manha esta perdida e infelizmente nao tenho tempo para tirar esse dia livre.

    Obg. Andre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andre,

      Agradecemos o comentário e os elogios!

      Você faz bem em escolher as atrações de acordo com o interesse da família. No entanto, não descarte de antemão TODOS os brinquedos e/ou parques que não sejam radicais. Alguns unem tecnologia e efeitos de uma maneira impressionante, e agradam até aos mais cínicos!

      Se seu filho gosta de brinquedos radicais, não pode deixar de ir ao Busch Gardens, Islands of Adventure, Universal e Hollywood Studios. São os parques com maior concentração de montanhas-russas, algumas das quais estão entre as melhores do mundo. Para ir a todas as montanhas-russas, e mais uns dois ou três brinquedos imperdíveis desses parques (mesmo não sendo radicais, caem naquela categoria dos efeitos especiais), você vai precisar ficar um dia em cada um. Talvez a única exceção seja o Hollywood Studios, que é o menor dos 4, e que você conseguirá ver em menos de 1 dia.

      No caso do seu primeiro dia, escolha um dos parques que não têm tantas atrações radicais: Animal Kingdom, Magic Kingdom ou Epcot. Leia nossos posts sobre cada um deles, e veja qual "combina" melhor com sua família. Nós, particularmente, não conseguimos conceber uma viagem à Disney sem ir ao MK. Apesar de ser o mais "infantil" e até meio bobinho, é um lugar onde a atmosfera é diferente, muito agradável, realmente "Disney". Mas cada família tem seus gostos, então escolha aquele que melhor casa com o gosto da sua.

      Se estivéssemos no seu lugar, escolheríamos um desses para passear no primeiro dia, assim não teria aquela pressão para "andar em tudo", já que o passeio e relaxar um pouco depois da viagem de avião é mais importante do que ir nas atrações. Daí, a partir do segundo dia, mandar bala em todos os outros parques sem parar nenhum minuto!

      Se tiver mais dúvidas, não hesite em postar novamente.

      Excluir
  21. Olá, adorei o site de voces, realmente ajuda muito nosso planejamento. Tenho uma dúvida sobre hospedagem. As diárias dos hotéis dentro da Disney, como Pop Century, já estão incluídos ingressos para os parques.
    Obg. Flavia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Flavia,

      Se você reservar só a diária dos hotéis da Disney, não estão incluídos os ingressos. Se você comprar um pacote (no próprio site do Walt Disney World você tem opção de comprar só hotel, ou um pacote), aí provavelmente já estarão inclusos os ingressos. Depois você poderá acrescentar outras opções, como park hopper, parques aquáticos, Disney Quest, etc. Cada adição aumenta um pouco mais o valor do ingresso.

      Esperamos ter ajudado!

      Excluir
  22. Olá,
    Gostaria de saber se é aconselhavel conciliar no mesmo dia Hollywood Studios e Epcot?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberta,

      Depende do seu objetivo. Para conhecer o Epcot totalmente, é necessário 1 dia inteiro - e possivelmente mais de um dia se você quiser conhecer todos os países do World Showcase.

      Quanto ao Hollywood Studios, para conhecer tudo num dia normal (sem multidões) leva pouco mais de meio dia (tipo das 9 às 4 da tarde).

      Se você tiver limitação de tempo e esses 2 parques não forem prioridade pra você, selecione umas 5 atrações de cada um. Visite o HS primeiro, em seguida pegue o barco que leva até o Epcot, e fique o resto do dia lá. Isso porque o HS fecha mais cedo, enquanto o World Showcase abre mais tarde e fecha mais tarde também, e dá até pra emendar um jantar agradável à beira da lagoa. Assim, ficará um dia bem aproveitado!

      Excluir
  23. Nossa adorei ler isso! e ja vou ler sobre os outros parques tb!

    Eu não gosto de forte emoções e nem montanha russa, e tambem coisa boba de mais eu até gosto, mas para ver em casa! rs

    Sabe aquela sensação de que vc esta ali perdendo tempo? Senti isso qndo fui visitar um museu em NY que naquelo momento poderia estar na Times Square.

    Eu nunca fui em Orlando e nunca tive vontade de ir na Disney qndo pequena, gostava de comprar todos os filmes e brinquedos dos personagens, mas acho que nunca passou pela minha cabeça viajar para visitar.

    Esse ano vou em out/nov para Miami, mas como nao estava querendo, andar de aviao para ficar só 6 dias, acabei fazendo um upgrade e decidi visitar Orlando hehe (mais 8 dias). Comecei montando meu roteiro com a maioria dos dias destinados para fazer compras, pq alem de gostar muitooo de comprar, shopping para mim é um passeio!

    Resumindo a história, não sobrou quase nenhum dia para visitar a Disney, mas como sou um pouco criança, quero ir no MK(principalmente pq dão doce, pois vou somente na festa de Halloween)mas acho que ficando umas 6 horas lá ja vai dar para conhecer o parque!

    Outro parque que quero conhecer é Epcot, pq gosto dessa cultura de paises e parece que tem um filminho que faz uma historinha com seu rosto e em portugues! Demais...

    Os da Universal nem pensar, o filme do Harry Potter acabou e parece que eu ja esqueci que ja existiu, entao nao ligo de deixar de ir!

    Eliminei Animal k porque nao curto muito isso de ver os animais! e estava numa tremendaaaa duvida do HOLLWOOD STUDIOS e vc me me deu uma luz. Vai eu, minha mae e a afilhada dela mais velha que eu e minha mae viu um filme da atração Toy Story Mania e nao gostou achou bobo disse que poderia estar usando o tempo para outras coisas , ela nao gosta de cinema nao tem paciencia de ficar sentada ver shows e mais atrações assim!

    Se nao vou na torre do terror, nao vou em montanha russa, ela nao que ir no ToyStory, nao curto indiana Jones, simuladores eu indo em um ou outros nos outros parques ja fico satisfeita e o Fantasmic por mais que mereça assistir, nao vou nesse parque so por causa dele, pois no meu caso vou comprar ingressos separados!

    Pelo meu relato acha que o DHS nao vai me agradar muito?

    Outra coisa minha mae que vai bancar a viagem toda e os ingressos normais da Disney, nesse caso não indo no DHS vou economizar 3 ingressos que é um pouco mais de 240 dolares! faz uma grande diferença...

    Desculpe escrever esse testamento, mas precisava botar para fora isso!! tava ficando já pertubada com esse vou nao vou rsrs.

    Obrigada :) por favor adoraria saber sua opiniao!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Numa viagem, cada um faz suas opções de acordo com seu gosto, não há dúvida. Portanto, acreditamos que você e as pessoas que vão com você devem escolher de acordo com o que acreditam. Nossas opiniões já estão todas no post! Se você ler com atenção nossas postagens, vai perceber que jamais deixaríamos de conhecer um lugar novo para ficar num shopping fazendo compras. Só compramos o mínimo necessário, pois acreditamos que shoppings há em qualquer lugar, enquanto que um lugar mágico como o Magic Kingdom, só em Orlando!

      Para ajudar na sua decisão, gostaríamos de esclarecer algumas informações que você colocou na sua mensagem:

      - Toy Story Mania, como você deve ter lido no post, não é um "filme", e sim uma atração interativa em 3D, muito interessante e divertida por sinal!

      - Deixando de ir a um parque da Disney, você não economizará 240 dólares. A diferença de preço para o terceiro, quarto, quinto dia em diante é muito menor, pois quanto mais dias você comprar, mais barato vai ficando. Portanto, é de se considerar passar mais dias na Disney (e menos dias no shopping... rsrs)

      - O Animal Kingdom não é um lugar onde "só" se vê animais. Dê uma ohadinha em nossa postagem sobre o parque, e verá que ele é muito mais do que isso - e também é mágico!

      Enfim, sugerimos ler as postagens sobre cada um dos parques - inclusive o Islands of Adventure, onde tem a terra do Harry Potter - e ver qual combina melhor com vocês. Daí, você mesma deve traçar o roteiro de sua viagem, pois ela tem que ser legal pra vocês, e para ninguém mais. Esperamos ter ajudado!

      Excluir
    2. Obrigada por ter dado sua opinião!

      Eu sei o que é a atração do Toy Story Mania, quando quis dizer filme estava me referindo ao video que minha mae viu no youtube cuja atração é em 3d. Li com MUITA atenção o seu post :)

      Quando falei do valor, estava me referindo em comprar dias separados, pq nao vou 2 vezes no magic k! vou uma só vez no Mickey not so scary halloween party, e como é um evento especial o ingresso é comprado separado e as pessoas que estão no parque com ingresso normal e não tem esse especial sao obrigadas a se retirarem. Ou seja indo na festa do Halloween vou conhecer o Magic K já!!

      Nesse caso eu teria que comprar 2 DIAS de ingresso basico para 3 pessoas!! o que custa cada um 180 dolares, e para as 3 (pq sai do mesmo bolso uns 540) e se não for no DHS economiza a metade, foi o que eu quis dizer!! ja que nao tenho interesse nenhum em ir no AK (a verdade é que tb tem muita gente que nao gosta desse parque).

      Para mim estar em Orlando, indo em City Walk, downtown disney, assistir blue man e cirque, ir nas lojas e comprar lembracinhas disney e ir em 2 parques mais a cara do grupo como Epcot e Magic K já seria muitooo magico!!

      Agradeço muito pelas informações dos parques postadas aqui,me ajudou muito!

      Excluir
    3. A Propósito.. FR.. vocês são ótimos e merecem todo o meu respeito.. um grande abraço

      Excluir
  24. Olá, estamos de viagem marcada para setembro 2012 e vamos, eu meu marido e meus filhos de 5 e 7 anos, gostaria de saber, quais as melhores atraçoes, para esta idade, pois como nunca fui, estou um pouco perdida, e achei o site de vocês muito esclarecedor, por favor, meu auxiliem
    Sandra Correa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, temos certeza de que vocês se divertirão muito! Para saber nossa opinião sobre cada atração, basta clicar no menu à direita do blog no assunto desejado. Temos várias postagens sobre Orlando, e uma sobre cada parque visitado (exceto Sea World, que visitamos há muito tempo, e Busch Gardens, que não chegamos a conhecer).

      Leia cada parque para saber o que achamos das atrações de cada um, inclusive o que dá medo, o que é apropriado para cada tipo de criança, etc. Assim, você poderá escolher os lugares de acordo com o gosto dos seus filhos, já que cada criança tem particularidades e preferências próprias.

      Sugerimos comprar um desses guias ilustrados de Orlando em português (tem nas bancas), e dar para seus próprios filhos irem lendo e escolhendo as atrações e parques que mais querem conhecer. Vendo as fotos e descrições (com um pouco de ajuda dos pais) eles mesmos definirão suas preferências. E ainda por cima fica uma atividade gostosa para a família toda fazer junta antes da viagem. Envolva-os no planejamento da viagem, e terá momentos inesquecíveis quando chegar lá. Com certeza!

      Excluir
  25. Olá Família
    Estou indo em Janeiro/13, achei seu post super bacana justamente por ser no mesmo mêes que escolhemos para ir.

    Quais são as melhores atrações para duas crianças de 10anos para esse parque? e alimentação alguma dica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crianças de 10 anos curtem quase todos os brinquedos do DHS. Os que descrevemos acima são os imperdíveis, exceto Playhouse Disney que é muito infantil. O show de dublês (Stunt Show) também é muito bom, especialmente agora que incorporaram os personagens do filme Carros.

      As dicas de alimentação que experimentamos também estão na postagem. Se quiser ver mais restaurantes pela Disney, acesse a postagem "Um Rato no Restaurante".

      Excluir
    2. Oi, obrigado!

      Podem tirar mais uma (de várias) dúvida?

      Ficaria muito corrido, ir no DHS, assistir ao Fantasmic e em seguida ir ao estádio do Orlando Magic?
      Tenho uma outra alterativa, caso seja muito puxado. Seria nesse dia ir no AK ou Universal e em seguida ir ao jogo.

      O que você recomendaria?

      Excluir
    3. Se você tem condições de escolher, não há dúvida de que é melhor ir ao AK no dia do jogo. Isso porque o parque fecha cedo, e se você ficar lá desde a manhã, por volta das 16h já terá visto tudo e poderá voltar para o hotel, tomar um banho e seguir para o jogo.

      Excluir
    4. Obrigadão!!!

      Acho isso tb (estava em dúvida entre o AK e no Universal).
      Vou tentar convencer a turma quanto a essa mudança. Chegamos até em trocar os parques acima por compras (o que eu não acho proveitoso).

      Excluir
  26. Olá!
    Iremos eu e minha esposa e mais duas crianças de 10 anos em jan/2013. Você poderia listar quais são as melhores atrações e restaurante nesse parque?

    grato

    ResponderExcluir
  27. Tive uma impressão bem diferente de vocês. Gosto muito do Hollywood Studios, e o Fantasmic! vale muito a pena. Tem que chegar alguns minutos antes e, se for no verão, escolher o segundo horário (o primeiro ainda é de dia), mas é um show belíssimo. Não tive problemas com a parte de alimentação, mas nós também não fizemos nada com personagens. Comemos na pracinha que tem na rua que leva à Rock N Rollercoaster mesmo. A atração do Toy Story é sensacional mesmo.

    Uma que você não mencionou foi a dos Simpsons, talvez estivesse em reforma quando vocês foram. É onde costumava ser o De Volta Para o Futuro, mas eles mudaram o tema da atração, apesar de o simulador ser bem semelhante. Ficou bem divertido também. Pras crianças e moças que gostam, o espetáculo da Bela e a Fera é obrigatório.

    Uma última sobre o Fantasmic!. Ele é uma atração diária, então não existem dias específicos pro parque lotar. Mas eu fui em julho passado e tava bem tranquilo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos o comentário, é sempre bom conhecer outras perspectivas.

      Quanto ao Simpsons, é uma atração do Universal, não do Hollywood Studios. E, concordamos, é muito divertida!

      O Fantasmic só é diário em épocas de pico. Nas épocas menos movimentadas, é apresentado apenas três ou quatro vezes por semana, e na maioria dos dias 1 única apresentação. Daí a diferença entre a sua experiência e a nossa!

      Excluir
    2. Verdade! Me confundi. Até me lembrei disso no dia seguinte ao comentário, e fiquei pensando que tinha falado bobagem.

      Interessante isso do Fantasmic!. Eu estou planejando a minha lua de mel, e nós vamos pra Disney, e até pesquisei e não vi nenhum dia que não tenha o espetáculo, mesmo sendo em Maio. Mas é bom saber pra verificar de novo quando a viagem estiver chegando.

      Excluir
  28. Queria esclarecer algo, como o post é antigo, vale atualizar...
    Hoje em dia, a Disney apresenta o Fantasmic todas as noites, independente da época do ano.
    Em épocas cheias, com duas apresentações (msm de paradas, no MK, por exemplo), a segunda é sempre mais vazia que a primeira.

    é uma pena terem tido uma experiência tão ruim quanto ao Fantasmic, mas fizeram certo ao reclamar (podiam inclusive ter feito no Guest Relation do proprio parque), pois a Disney (inclusive no DHS) prima pelo cuidado ao Guest.

    O DHS é o meu parque favorito, vale incluir como imperdivel o Lights, Motors, Action. o AI experience, pra quem gosta de American Idol (inclusive com a possibilidade de participar do show, se a pessoa cantar bem e tiver vontade)...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol,

      Agradecemos a informação. De fato, durante muitos anos o Fantasmic foi diário. Com a crise de 2008 e a queda da frequência aos parques, mudaram para 2 a 3 vezes por semana na baixa temporada. Agora pelo jeito puseram a mão na consciência e voltaram a fazer o show diariamente!

      De fato a Disney preza o atendimento como ninguém, e certamente por isso mesmo voltaram o Fantasmic à condição de atração diária.

      Excluir
  29. Excelentes comentários! Ajudam muito mesmo!!!! Parabéns pela iniciativa!!!

    ResponderExcluir
  30. Qual é o horário de funcionamento do parque?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos uma família que publica opiniões sobre os lugares que visitamos, portanto não temos nenhuma ligação oficial com os locais que aparecem aqui. O horário de funcionamento do parque você pode consultar visitando wwww.waltdisneyworld.com.

      Se necessitar de opiniões e dicas, continue postando.

      Excluir
  31. Olá Família

    Adorei o site de vcs, estava perdida e vcs me ajudaram muito ,pois as operadoras de viagem não dão informaçoes suficientes pra gente.
    Estou planejando ir para a disney em outubro, quero ficar no complexo disney, em hotel moderado vc pode me indicar um ? Estou pensando em ir sem guia,minha filha de 15 arrasta um Ingues,lá se precisar consigo arrrumar Um ? Sobre o dining Plan , gosto mais de lanches e pizzas , e minha filha quer tomar café com as princesas, compensa eu adquirir. Vamos em 2 adulto, 2 de 18 anos , 1 de 15 e 1 de 4 anos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conhecemos nenhum dos hotéis moderado, pois nunca estivemos hospedados neles. Sugerimos ler as opiniões dos internautas no TripAdvisor.

      Quanto ao Dining plan, se vocês comem bastante e vão passar a maior parte do tempo na Disney, compensa contratar. Verifique no site da Disney antes se, na época que você vai, não tem alguma promoção de dining plan grátis. Basta procurar o link "special offers".

      Se sua filha fala um pouco de inglês, basta comprarem um bom guia (de papel), com dicas sobre o que fazer, e provavelmente não vão precisar de ajuda.

      Clique em "Orlando" no menu à direita do site, e leia todas as nossas dicas - inclusive sobre hospedagem dentro da Disney e dining plan.

      Excluir
  32. Eu adorei o Hollywood Studios, foi o meu preferido. Não tive problema nenhum com filas, nem lotação, lotação mesmo só no fim do Wishes lá no Magic Kingdom, amei os brinquedos e não achei desorganizado nem me perdi. Fiquei muito arrependida de não ter visto o Fantasmic eu li muito bem sobre ele, O parque que eu gostei menos foi o Epcot Center, não tinha nada muito interessante, a exceção é claro do Soarin um simulador de voo de asa delta que realmente me impressionou, ele passa por cima do mar, de uma plantação de larangeiras e muitos outros lugares, minha mãe ainda lembra do cheirinho de laranja, foi muito perfeito.

    ResponderExcluir
  33. Nossa, acho q estou entre os a discordam de vcs... Se eu tivesse q escolherentre os parques Disney o menos interessante, certamente escolheria o Animal Kingdom. Foi o q minha filha de 7 anos menos gostou tbm. E olha q fomos no dia doaniversario dela, com direito a almoço com personagens e tudo... Quanto ao Fantasmic, nos fomos, sem stress algum e amamos. Acho q agora tem todas dias e talvez isso tenha melhorado aconfusao... Deixei minhas impressões sobre o Hollywood Studios no meu blog: www.penaestradacomdonamaricota.wordpress.com. Mas e aquilo, cada um tem uma experiência diferente q pode interferir diretamente na impressão q ficamos do parque, né?.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Por isso sempre dizemos aos leitores que o conteúdo do blog é nossa opinião. Para saber o que cada um vai achar do lugar, só indo pessoalmente!

      Nosso filho é fascinado por animais em geral, países distantes, línguas estrangeiras, por isso o Animal Kingdom tem um apelo especial para nós. Fora o que a comida do Yak & Yeti e do Tusker House estão entre as melhores - e menos óbvias - que se pode provar em parques temáticos!

      Excluir
  34. Oi familia
    Vamos ficar em Orlando 5 Dias e uma tarde,somos dois casais,e, queremos aproveitar o Maximo que pudermos nos parques da cidades entao,vcs nos aconselhar o que realmente vale a Pena ver em Tao pouco tempo? Grata ana. Outra coisa, vamos em novembro,alguma dic a especial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, sugerimos ler as postagens sobre cada parque (basta clicar no nome do parque no menu à direita do blog), e então decidir os que combinam com o gosto de vocês.

      Como são só adultos, alguns parques podem ser vistos em meio dia: Hollywood Studios, Animal Kingdom, Sea World, Universal e Islands of Adventure. Outros precisam de um dia inteiro, como Magic Kingdom, Epcot e Busch Gardens (por ser longe de Orlando). Tem ainda parques aquáticos e algumas novas atrações (Legoland, por exemplo), que não tivemos oportunidade de conhecer.

      Leia as postagens de cada parque e, se tiver alguma dúvida específica, continue postando!

      Excluir
  35. Olá FR, amei suas postagens, eu meu marido e meus filhos de 15 anos e 10 anos estaremos em Orlando a partir de 30/09/13 e ficaremos até 14/10/13, acho que temos um tempinho bom não é...rs, mas minha duvida é a seguinte qual parque devo deixar por ultimo, amigos proximos que foram me disseram para fazer por último o MK, por ser o mais encantador o que vc acha? E outra coisa vi alguns comentários sobre o Helloween Party, quando é esse evento? e eu teria que comprar os ingressos a parte? Muito obrigada desde já. Kelli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No período em que vocês estarão lá haverá a festa de Halloween no MK. Basta procurar no site da Disney para encontrar as datas. Os ingressos são pagos à parte, sim.

      Das vezes em que fomos a Orlando, fomos PRIMEIRO ao MK, justamente por ser um lugar tão mágico! Como o voo chega cedo (por volta das 11h), passamos no hotel para descansar um pouco e tomar um banho, e fomos ao MK lá pelas 4, 5 da tarde. Nessa primeira noite, só andamos em 2 ou 3 brinquedos, e usamos o tempo para admirar tudo e tirar muitas fotos. Depois, jantar no Crystal Palace. E, é claro, voltamos ao MK outro dia para ficar brincando das 9 da manhã até as 10 da noite... rsrs

      Então, é uma questão de gosto, mas nossa família normalmente não se contenta com uma única visita ao MK, sempre queremos ir mais vezes porque é muito legal!

      Excluir
  36. Cara Familiarecomenda,
    Acho que sua reclamação sobre o q aconteceu com vcs é valida, mas nao se pode desmerecer o parque inteiro pelo q aconteceu com vc e principalmente se foi no lado da organização. Acabei de chegar hj desse parque, e foi num dia do Fantasmic. O parque em si achei muito bom. A atração do Star wars com simulador de nave em 3D é excepcional. As tradicionais Torre do terror e montanha russa do Aerosmith correspondem a fama (mesmo sendo atraçoes bem rapidas). A atração com dubles tb é muito boa. Tem poucas atrações para crianças pequenas como no Magic Kingdom, mas nao é um parque com tema infantil e mesmo assim tem varios pontos com personagens disney para fotos e no Disney animation Studios, as crianças alem d varios personagens para tirar fotos, tem brinquedos e podem ate aprender a desenhar. Com relação ao show em q houve problemas com seus lugares reservados, para mim, nao teve problemas como vc falou e nao usei fast pass ou reserva: os portoes sao abertos as 18:30 p um show as 20:00. O estadios vai enchendo ate lotar normalmente sem tumulto com a parte central reservada p os Fast passes ou reservas. nao houve tumultos como vc descreveu. Pelo q falei com outros brasileiros q ja tinham visto o show antes, com eles ocorreu da mesma forma. Acho q o seu caso, por ser em epoca de pico, janeiro, ocorreu a falta de organização que vc descreveu. Mas o show sim é bem feito e vale a pena sim a espera de 1 hora muito bem sentado q tive hoje.E tanto o magic kingdom q visitei ontem e o Hollywood studios hj sao impecavelmente limpos e bem sinalizados com direções e mapas das atrações.A minha recomendação? Chegue cedo no dia do Fasntasmic, programe o q vc quer ver com os horarios d cada atração para aproveitar melhor o dia e assim conseguir ver tudo em um dia sem aperreios.O parque ficou aberto de 9 da manha as 9 da noite. tempo suficiente. E tb evite epoca de pico: Julho, agosto, fim d dezembro e Janeiro. Isso vale para todos os parques da Florida ( na internet vc encontra mapas de todos os dias do ano com a media de visitantes p todos os parques e assim vc pode programar melhor dia). Tirando a atração Toy story mania q esperei 1 hora, todos as outras atraçoes, inclusive no Magic Kingdom de ontem, nao esperei mais q 20 a 25 minutos. Evitar essas epocas, vc evita stress com filas ate para compras e restaurantes, alem d nao precisar gastar com fast pass.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos e apreciamos sua opinião. No entanto, nosso blog tem intenção de ser um relato sincero de experiências reais que aconteceram conosco em nossas viagens, e não podemos fugir disso.

      Depois do que ocorreu conosco e com muitos outros visitantes do Hollywood Studios durante o Fantasmic, desde o ano passado a Disney começou a fazer o show diariamente. Quando o show ocorria somente 3 ou 4 vezes por semana, o parque ficava lotado nesses dias, e vazio nos outros. Não somos nós que estamos falando, pois só estivemos no HS duas vezes na vida, e só vimos o Fantasmic 1 vez. Esse relato é de blogs e sites americanos especializados em Disney.

      Agora que consertaram o erro de fazer o show apenas algumas vezes na semana, o processo ficou muito mais suave e as aglomerações acabaram.

      Quanto à sua sugestão de fugir dos meses de pico, é algo que NÃO costumamos recomendar aqui. Há várias publicações na internet e nas revistas que já dão essa recomendação. No entanto, nosso blog é voltado a famílias com crianças, e, na maioria dos casos, não achamos uma boa ideia tirar as crianças da escola para viajar. Então, para pais com filhos em idade escolar só sobram os meses de dezembro, janeiro e julho para fazer uma viagem em família. Dessa forma, o que fazemos aqui é dar dicas para minimizar os problemas de viajar em época de pico, não sugerir às pessoas que as evitem, pois, como isso já é um fato bem conhecido de todos, temos certeza de que todo mundo que tivesse oportunidade só viajaria em abril/maio e setembro/outubro, não é mesmo?

      Por último, em momento algum desmerecemos o parque. Se você tiver lido com atenção nossa postagem, demos 4 ou 5 estrelas a todas as atrações que chegamos a conhecer. E não acreditamos que se foi algo ligado à organização deve ser desconsiderado na avaliação. A organização de um parque faz parte da experiência de visitá-lo, como o próprio Walt Disney sabia muito bem.

      Além disso, jamais deixamos de dar feedback à empresa quando algum problema acontece. Temos certeza de que nossa reclamação no mesmo dia do show, somada a centenas de outras que a Disney deve ter recebido, foi um dos fatores para eles mudarem o esquema do show, não só para nós, como para todos os visitantes!

      Excluir
  37. Oi,
    estou com uma dúvida: depois de ler o relato de vcs, e pq não quero perder 2hs sentada esperando o Fantasmic, resolvi fazer reserva pro Fantasmic dinner package, e só consegui pro Mama Melrose, foi lá que vcs foram? Pelo que vcs viram, existe a possibilidade de esgotarem os vouchers no restaurante pros assentos reservados ou de esgotarem os assentos no teatro? Eu só não consegui entender qto custa a refeição...diz q tem direito a bebida, entrada e sobremesa, além do voucher pro show, mas não diz qto custa o "pacote"! É um preço fixo ou são os próprios preços do menu e tu és "obrigado" a pedir entrada, bebida e sobremesa e pagar o valor do cardápio? Pergunto mais pq o Lipe (meu filho) certamente não vai querer comer muito, e como fiz reserva para 3 (contando com o pequeno), queria saber se o valor é fixo ou não...obrigada! Claudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi, sim, no Mama Melrose´s. Pelo que os leitores têm relatado, a organização melhorou bastante e as multidões estão mais controladas - e, esperamos, mais educadas, pois no dia em que estivemos lá presenciamos várias brigas entre os espectadores!

      O restaurante em si é razoável, tem comida italiana com sotaque americano, mas é gostoso. Provavelmente você terá que pedir de um menu fixo com entrada, prato e sobremesa, e para as crianças tem um menu com porções menores e comida mais infantil. Se quiser dar uma olhada no menu, acesse o site da Disney que tem os menus de todos os restaurantes.

      Não chegue atrasado à reserva do restaurante, pois os americanos não costumam se atrasar e têm pouca tolerância com atrasos. Para o show, 30 min de antecedência devem bastar.

      Excluir

Mande seus comentários, perguntas ou mais dicas sobre este destino.