domingo, 6 de fevereiro de 2011

UM PASSEIO EMOCIONANTE POR HOGWARTS


Dumbledore dentro do
Forbidden Journey
No último post demos algumas dicas práticas para ajudar a planejar sua visita ao Wizarding World  of Harry Potter. Agora, para ajudá-lo a decidir quais brinquedos você quer curtir, faremos uma descrição das atrações que compõem o WWHP. Por incrível que pareça, o setor tem apenas um único brinquedo novo. E apenas 3 brinquedos no total. O restante da área é formada apenas por... lojas. Mercenário, sim, mas ainda assim, vale a visita.

O Universal, propositalmente, criou bastante expectativa e uma certa confusão com a inauguração do WWHP. Jamais esclareceu que não se trata de um novo parque, e sim uma área - bem pequena por sinal - dentro do Islands of Adventure. O envolvimento da autora dos livros, J.K.Rowling, em todos os detalhes do projeto causou alguns problemas de tráfego que vão assombrar o WWHP para sempre. As ruas são estreitas e oblíquas, as lojas são minúsculas e abarrotadas, e os brinquedos são tão escuros (menos o voo do Hipogrifo), que até um tatu teria dificuldade para achar o caminho na fila. Por isso mesmo, dizem as más línguas que a Disney desistiu das negociações com Rowling no meio do projeto. Ela insistia em fazer o WWHP o mais próximo possível dos filmes (escuro e apertado), enquanto que a Disney tem uma preocupação primordial com segurança e conforto dos frequentadores...

Multidões tomam as ruas estreitas
de WWHP
Tudo isso atrapalha as multidões circularem pelo parque, mas certamente ajuda a compor o ambiente e o tema. Você se sente literalmente dentro do mundo de Harry. Além da arquitetura, detalhes como a música dos filmes jorrando constantemente dos alto-falantes, os uniformes dos funcionários, a aparição de "alunos" vestidos a caráter, e até a vegetação tornam WWHP mais fantástico. Para quem conhece bem os filmes, a música traz imediatamente memórias das partes mais emblemáticas (Harry voando no Hipogrifo, Harry cumprindo as tarefas do Torneio Tribruxo, o Expresso de Hogwarts cruzando os campos em direção à escola). Os sons, como o de corvos perto da Cabana do Hagrid, também ajudam.

Quais filmes do Harry Potter assistir antes de ir?

Para curtir a visita ao WWHP plenamente, recomendamos que você assista a pelo menos 2 dos filmes. O primeiro da série, A Pedra Filosofal, é uma boa opção, pois apresenta as regras de Hogwarts, do Quadribol, os doces vendidos nas lojas, a Olivanders, entre outros detalhes. Além disso, o castelo do parque é igualzinho ao castelo desse primeiro filme. O quarto episódio, Cálice de Fogo, mostra o Torneio Tribruxo, que é amplamente explorado em vários detalhes do parque, desde a montanha-russa Dragon Challenge até o desfile dos alunos das escolas bruxas, Beauxbatons e Durmstrang, que acontece durante o dia no parque. Outra boa opção para você assistir é O Prisioneiro de Azkaban, que mostra Hogsmeade, a vila que compõe grande parte do WWHP, e o Hipogrifo, criatura mítica voadora que inspirou o tema de uma das atrações do parque.

Desfile dos "alunos" de Beauxbatons
e Durmstrang
Sugerimos assistir aos filmes porque o parque é executado com muito esmero e um nível de detalhe excepcional. Esses detalhes podem passar despercebidos por quem não conhecer um pouco dos filmes. As pessoas até acham bonito, mas não captam toda a dimensão do primor com que os cenários foram executados, a não ser que tenham algum conhecimento da série. Obviamente, se puder ler os livros ao invés de ver os filmes, será melhor ainda!

Forbidden Journey

Forbidden Journey:
a única atração nova
O Forbidden Journey, localizado dentro do Castelo de Hogwarts, é a única atração realmente nova do WWHP. Trata-se de algo diferente de tudo que você já viu. O único brinquedo de Orlando que se aproxima dele, na novidade e na tecnologia, é o Spider Man, no próprio Islands of Adventure. Em todos os lugares que pesquisamos, as descrições do Forbidden Journey eram vagas, pois os guias e sites tentam preservar as surpresas que a atração reserva para você. Aqui no FR, sabemos que os pais querem saber exatamente do que se trata, para decidir se devem ou não levar seus filhos a essa atração. Portanto, entregaremos alguns detalhes sem nenhum pudor!

Estufas de Hogwarts
Em primeiro lugar, a criança deve ter no mínimo 1,20m de altura para entrar nesse brinquedo. Apesar desse limite descartar logo de cara as crianças menores, mesmo as maiores podem ficar um tanto assustadas com os efeitos, que são impressionantemente realistas e... apavorantes! No momento em que você entrar na fila, ficará extasiado com os detalhes da reprodução do castelo: as estufas da aula de herbologia (imaginamos que no verão elas devem virar, bem, uma estufa!), os corredores e escadarias do castelo com seus quadros animados que se mexem de verdade, objetos animatrônicos, como o chapéu seletor, a sala de Dumbledore com uma imagem holográfica do próprio... Você se sente dentro do filme, tamanho o realismo dos detalhes.

Chapéu Seletor, que se mexe
 de verdade
Como já explicamos no post anterior, se você estiver carregando mochilas ou bolsas, a certa altura da fila você precisará deixá-las em um locker. As primeiras 2 horas do aluguel são gratuitas, mas, mesmo assim, achamos que vale mais a pena pagar para deixar suas coisas nos armários logo na entrada do Islands of Adventure. Isso porque o armário da atração fica lotado de gente meio perdida tentando guardar suas coisas. Ele só pode ser aberto através da leitura da digital da pessoa que o alugou, portanto, se papai guardou as coisas, e depois mamãe precisar ir lá buscá-las, não vai conseguir. O armário da entrada pode ser aberto com um código de 6 dígitos, e fica abençoadamente vazio, em comparação com o armário do Forbiden Journey.

Dumbledore
Continuando na fila, nenhum dos efeitos anteriores prepara você para a visão de Harry, Hermione e Ron, que aparecem a certa altura, sob a forma de uma imagem holográfica. Infelizmente, não conseguimos fotografá-los... Em pé numa varanda, contam para você a "história" da atração. Parece até que estão lá em carne e osso! Mesmo pessoas que falam inglês fluente terão dificuldade em entender o que eles dizem, mas no nosso caso isso não importou muito, pois lá dentro os efeitos são tão bons que você nem lembra mais da história. Dica: se você quiser ouvir atentamente o que eles dizem, pare num canto da fila e deixe as pessoas passarem na sua frente. Alguns lugares atrás na fila não vão fazer diferença, pois o brinquedo é do tipo em que se embarca constantemente, através de uma esteira rolante.


Interior do castelo
 A área da fila é tão bem feita que há pessoas que passam por ela só para olhar os efeitos. Isso não ajuda em nada a logística e o tempo de espera, mas se você quiser vê-los e não estiver a fim de passar pelas emoções do brinquedo em si, vale a pena.

Continuando após a aparição dos 3 bruxos, você chegará à área de embarque, formada pela esteira rolante. Nela, você se sentará em grupos de 4 pessoas, num "banco" com nichos individuais. O assento é bem apertadinho, e você fica preso por um daqueles protetores que cobrem os dois ombros iguais aos de montanha-russa com looping. Nos EUA, esse assento criou o maior bafafá, pois alguns americanos mais avantajados não cabem nele. Dizem que os funcionários do Universal ficam espreitando a fila e removem discretamente os visitantes que não vão conseguir sentar no banco. A esteira rola rapidamente, e você tem poucos segundos para embarcar. Preso no assento, você não consegue se curvar para olhar quem está ao seu lado, portanto se você acha que seu filho vai precisar de um "ombro amigo" durante os sustos do FJ, esqueça. Você mal vai conseguir segurar a mão dele enquanto estiver lá dentro. Portanto, como o fator medo é muito grande nesse brinquedo, considere se seu filho tem condições de "enfrentar" por conta própria.

Agora um aviso importante: se você não quiser estragar a surpresa do FJ, pule os próximos parágrafos!

O banco em que os visitantes se sentam, na verdade, é sustentado pelo braço mecânico de um daqueles robôs que a gente vê em fábricas de automóveis (Kuka), que se mexem para todos os lados. Prepare-se, pois você vai ser chacoalhado! Os movimentos são sincronizados com as imagens e efeitos (simulador), e jogam você para trás (risco de perder óculos, chapéus e colares maiores), para os lados, em círculo... Ou seja, alta probabilidade de precisar de um saquinho de papel logo na saída do brinquedo. Você vai sendo chacoalhado dessa maneira, ao mesmo tempo em que o robô vai seguindo por um trilho ao longo da atração (no melhor estilo "dark ride"). Esse trilho passa por inúmeras telas esféricas (tipo IMAX, só que menores), onde são projetadas imagens muito bem feitas, incluindo um voo sobre Hogwarts, Harry na vassoura durante uma partida de quadribol, rasantes sobre o lago, a floresta do castelo, etc.

Entremeando cada cena projetada, você vai passando por cenários com bonecos animados, esses sim verdadeiramente apavorantes. Você vai ter agradáveis encontros com o Hungarian Horntail (dragão), Dementadores que respiram bem na sua cara (uma boa oportunidade de ver como é a cara de um deles, já que no filme não aparecem direito!), o Salgueiro Lutador que tenta golpear seu banco com aqueles galhos enormes, aranhas gigantes apavorantes... Deu pra ter uma ideia, né? Mesmo nosso filho, que adora Harry Potter e não tem medo de nenhuma cena do filme, foi apenas uma vez no FJ, gostou muito, mas se deu por satisfeito.

Agora, avaliando objetivamente a atração, ela é simplesmente fantástica. Desde a área da fila, até a volta no banco propriamente dita, os efeitos são realistas e vão agradar em cheio aos fãs de Harry. O banco balança bastante, mas honestamente não vimos ninguém passar mal. E meia hora de estômago virado é um preço baixo a pagar por uma atração tão incrível!

Dragon Challenge

A outra atração "top de linha" é a montanha-russa Dragon Challenge. Se você já esteve no Islands há alguns anos, vai se lembrar da Dueling Dragons. É a mesma montanha-russa, só que a área de acesso e a fila foram totalmente redecoradas com o tema do Torneio Tribruxo. Para entender melhor o tema e os detalhes dessa atração, assista ao Cálice de Fogo. Subindo em direção ao embarque, há faixas das torcidas do torneio, uma réplica da Taça Tribruxo, um ambiente que imita Hogwarts iluminada apenas por velas, entre outros detalhes. O único que está deslocado é o carro azul que Rony utiliza para ir buscar Harry em casa, que não faz parte do Cálice de Fogo, e sim da Câmara Secreta. Mesmo deslocado, o carro é muito legal, fica fazendo barulho no meio do mato.

Toda a fila se desenrola num ambiente muito escuro. A certa altura, você verá uma placa que indica: à direita se você quiser ir na azul (Hungarian Horntail), ou à esquerda se quiser ir na vermelha (Chinese Fireball). Uma vez escolhida vermelha ou azul, você terá ainda mais uma opção a fazer: se quer ir na primeira fila de cadeiras (espera muito mais longa), ou se vai em qualquer uma das filas de trás (espera bem curta).

Uma vez sentado na sua cadeirinha, com as pernas balançando no ar, você é levado para fora através do trilho suspenso (a fila é tão escura que demora alguns segundos para seus olhos se adaptarem à claridade). O início é uma subida íngreme onde os carrinhos vermelho e azul se encontram lado a lado, quase como se estivessem se preparando para uma corrida. E que corrida! A Dragon Challenge é uma das melhores montanhas-russas de Orlando, um passeio cheio de adrenalina com loopings, espirais e um certo momento em que parece que seus pés vão tocar os pés dos ocupantes do outro carrinho. Andamos nas duas, azul e vermelha, e pessoalmente gostamos mais da azul. A vermelha é mais veloz, uma montanha-russa mais "tradicional", enquanto que a azul faz alguns movimentos que levam seu corpo a desafiar leis da gravidade de maneiras que nunca imaginamos! Se você tem alguma preferência pela azul ou pela vermelha, poste um comentário explicando por quê. De qualquer uma das duas, as pessoas saem sentindo o chão balançar sob seus pés, como se tivessem acabado de descer de um barco.

Flight of the Hippogriff

Finalmente, a última atração do WWHP, também um brinquedo antigo recauchutado, é uma montanha-russa infantil chamada Flight of the Hippogriff. A grande atração aqui é um Hipogrifo animatrônico que recepciona os visitantes logo no início do trajeto. Além disso, é um pouco mais apimentada e veloz do que a média das montanhas-russas infantis. Todas as crianças de 5 a 10 anos vão gostar dessa atração, portanto procure ir o mais cedo possível, logo depois de Forbidden Journey. A fila que se forma para Flight of the Hippogriff é enorme, pois a capacidade do brinquedo é limitadíssima. Mesmo com Express Plus, a espera pode chegar a 30 minutos.

Novamente, o ambiente da fila é muito agradável, arborizado, com a cabana do Hagrid servindo de cenário, música do filme se derramando pelos alto-falantes, e sons de animais e pássaros, como se estivéssemos mesmo pertinho da casa do gigante do filme. Mas mesmo esse ambiente, depois de 20 minutos começa a ficar enfadonho, e somos capazes de apostar que depois de uma hora de fila você estará tão irritado que será capaz de matar Hagrid ou o Hipogrifo com as próprias mãos...

Agora que você já conhece as 3 atrações, basta decidir qual visitar - ou deixar de visitar - primeiro.

Você já esteve no WWHP? Poste um comentário!

Post gentilmente revisado por A.K.Arahata.

26 comentários:

  1. Querida Família: que descrição completa e acurada. É tudo isso mesmo! Nós adoramos o FJ, mas achamos a imagem um pouco desfocada. Só na segunda visita é que pudemos observar alguns detalhes mais atentamente - no final do dia, quase na hora de fechar, a fila diminui bem e os mais apaixonados podem ir de novo! Quanto aos dragões, a família aqui concorda com vocês...o azul é melhor. E o hipogrifo...cuidado, o carrinho não permite que vc se segure bem, chacoalha para todo lado: a vovó do nosso grupo ficou, tadinha, descadeirada!!

    ResponderExcluir
  2. Nós só fomos uma vez no FJ e tivemos que prestar atenção nos detalhes pra poder passar pra vcs!
    Os carrinhos das montanhas-russas mais light (Hipogrifo, Space Mountain, Goofy) são, em geral, mais baixos nas laterais. Representam um problema para as pessoas mais altas, pois elas ficam meio "soltas". Pra gente mais próxima de pigmeus do que jogadores de basquete, não chega a ser tão desconfortável.
    Obrigados pelos comentários!

    ResponderExcluir
  3. Poxa!!! Esta descriçao tao detalhada deu ate um friozinho na barriga, um misto de ansiedade e medo!!! rsrsrs Queria a opiniao sincera de vcs... Minha filha tem 6 anos e posso dizer q ela e corajosa, pois no ano passado ela so tinha 5 anos qnd foi na splash mountain, trenzinho da mina, jornay to atlantis, dinossaur e gostou de todas, so ficou um pouquinho c medo dessa ultima, por conta da descida (ela tem um medinho de altura). Eu e ela adoramos o Harry Potter, mas confesso q to receosa com o FJ... principalmente pq vcs disseram q no carrinho n tem mto como ter contato com a pessoa q esta ao lado e eu adoro ir explicando os brinqedos pra ela, pra q n tenha medo... Me expliquem melhor: da pra eu segurar na maozinha dela, falar c ela durante a atracao ou eh tudo mto rapido e barulhento?! Eh o tipo de brinquedo pra pessoa curtir ou ele passa mto medo mesmo?! Aguardo a resposta (curiosa e apreensivamente)! rsrsrs Obrigada, abs!

    ResponderExcluir
  4. O FJ é maravilhoso, com detalhes realistas e fantásticos, e com algumas "deixas" que só os fãs de Harry Potter conseguem compreender. As partes mais assustadoras são do Salgueiro Lutador, dos dragões e dos Dementadores, pois esses não são imagens, e sim bonecos animatrônicos que chegam bem perto do seu rosto.

    O que pode acontecer é sua filha passar um pouco de medo, mas é tudo muito rápido e intenso, então o "sofrimento" só vai durar alguns minutos... Nós fomos e nosso filho ficou, sim, com um pouco de medo - não quis repetir a atração. Só que também não conseguíamos parar de falar sobre ela, de tão realista que é.

    Não conhecemos sua filha, portanto não podemos dar um palpite se você deve ou não levá-la no brinquedo. Mas saiba que não dá pra ver a pessoa do seu lado; mal dá pra segurar na mão e ela não vai conseguir enxergar você. Os assentos são como os de montanha-russa: você fica "afundado" no seu nicho na cadeira, preso por aquelas barras de segurança que passam por cima dos 2 ombros, sem poder se inclinar para a frente. Então, pense bem se você acha que sua filha vai depender da sua presença para não se sentir apavorada. Uma boa opção é um dos pais ir primeiro, sozinho, para ver como é, e depois decide se leva a criança ou não.

    E, quando voltar de viagem, dê uma passadinha aqui no blog pra deixar um comentário sobre como foi o passeio de vocês. Poderá ajudar outros pais, que também estão em dúvida, a se decidirem!

    Obrigado por enviar comentários!

    ResponderExcluir
  5. No FJ tem aquele esquema de "child swap", um dos pais fica com a criança enquato o outro usa o brinquedo, depois eles trocam?

    ResponderExcluir
  6. De acordo com comentários postados no Theme Park Insider, o FJ tem baby swap, inclusive com uma área em que ficam passando filmes do Harry Potter.

    A grande vantagem é que a criança também poderá curtir toda a área da fila, que tem efeitos e atrações incríveis e que valem a visita por si só!

    ResponderExcluir
  7. Vocês saberiam me dizer quanto tempo dura a atração - do momento que a gente entra no carrinho? Vou com meu marido, meu filho de 2 anos (que terá que ficar), minha irmã e a filha dela de 6 anos, que no caso ficaria junto com o meu filho na salinha.... Será que é seguro deixar os dois lá? POr isso queria saber a duração...
    Obrigada!
    PS: amei os relatos!!!!

    ResponderExcluir
  8. Agradecemos o comentário!

    Acredito que você esteja se referindo ao "baby swap" - deixar a criança enquanto os adultos andam na atração. Avisamos desde já que, no baby swap, um adulto precisa ficar com as crianças - elas não podem ficar desacompanhadas.

    Então, provavelmente o esquema será assim: sua irmã fica com seu filho e sua sobrinha, enquanto você e seu marido vão na atração. Quando vocês dois retornarem, vocês ficam com as crianças enquanto sua irmã tem sua vez de curtir o FJ.

    Enquanto estamos lá dentro, perdemos a noção do tempo, mas a atração em si não dura mais do que alguns minutos - certamente menos de 10 minutos.

    Esperamos ter ajudado. Se tiver mais perguntas, poste!

    ResponderExcluir
  9. Oi! Acabei de descobrir esse site, que bom!!!

    Viajarei com minha esposa (que não tolera montanhas russas com looping) e meus dois filhos, de 12 e 11 anos, que dizem não ter medo...rs

    Enfim...estou inseguro e gostaria de dicas...pelo que entendi, das três atrações do Harry Potter, somente a Dragon Chalenge é "heavy", certo? As outras duas não têm problemas...

    Obrigado e parabéns pelo site de utilidade familiar! rs

    ResponderExcluir
  10. Olá, César,

    Você entendeu certo! A Dragon Challenge é "heavy", mas também é "heaven" para os amantes de montanhas-russas. Nossos sobrinhos de 11 e 12 anos foram 4 vezes!

    O Voo do Hipogrifo é uma montanha-russa estritamente infantil, acho que até sua esposa vai achar meio sem graça. Além disso, tem uma fila enorme e tediosa, que não anda de jeito nenhum!

    O Forbidden Journey é uma faca de dois gumes. Para fãs de Harry Potter, é absolutamente imperdível. Como seus filhos são maiores, não terão problemas com as figuras assustadoras que aparecem no brinquedo. O único problema que vocês vão enfrentar é se alguém tiver estômago fraco. O brinquedo chacoalha bastante (mas não vira de ponta-cabeça), e a sucessão de imagens e bonecos animatrônicos também podem contribuir para o enjoo.

    Clicando no menu à direita da página, você acessa nossas postagens por destino. Poderá ler posts sobre cada parque que visitamos, mais alguns com dicas práticas para se hospedar na Disney e restaurantes em Orlando. Se tiver mais perguntas, continue postando e responderemos as que soubermos. Não deixe de ler as caixas de comentários logo abaixo de cada postagem, pois há muitas dicas de leitores, pontos de vista diferentes e perguntas já respondidas.

    Fique tranquilo porque Orlando em geral, e a Disney em particular, são muito organizados e fáceis. Temos certeza que sua viagem será incrível!

    ResponderExcluir
  11. Obrigado, FR! A Dragon está fora do roteiro...rsrs

    Vou pedir dicas dos outros parques nos tópicos próprios, ok?

    Mais uma vez, valeu! E parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Nós conhecemos a área do Harry Potter em nov, 2011 em nossa terceira viagem à Orlando. Confesso que eu tinha muito receio em entrar nesta atração sem saber do que se tratava e foi aqui que criei coragem....
    Porém,minha primeira passada na FJ foi sozinha, deixei meu filho de 07 anos esperando com o pai do lado de fora. Eu queria ter certeza de que ele iria gostar.
    Quando eu saí ele já estava disposto a experimentar a atração, pois havia visto muitas crianças saindo felizes ( e não assustadas, importante!) da atração.
    Pois bem ele foi com o pai, gostou bastante, mas não quis voltar de jeito nenhum!!! Insistimos ao longo do dia para que ele fosse outra vez e nada o convenceu a voltar (acredito que não quis revelar que estava com medo).
    Por outro lado, como o parque estava muito vazio ele andou no Spider Man seis vezes seguidas. Era só o tempo de sair do brinquedo, dar a volta na fila e embarcar novamente.Sugiro aos pais que ainda não conhecem nem um nem outro brinquedo, oferecer primeiro ao filho uma volta no Spider Man, e conforme a reação correr para o WWHP, porque é fantástica!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que experiência interessante! Nosso filho também foi só 1 vez, e não quis voltar. Ficamos aliviados, pois a fila estava muito grande. Mas até hoje ele ainda se lembra da atração pois gostou muito, mas no dia ele mesmo nos confessou que tinha ficado com medo. Portanto, é uma atração muito legal pras crianças, mas bem intensa para alguns!

      Quanto ao Spider Man, no momento acreditamos que está fechado para reforma. Obrigado por postar!

      Excluir
  13. Preciso saber se quem tem claustrofobia, assim como eu, poderia ir ao FJ? Além do mais, morro de medo de montanha russa! È muito fechada e veloz? E o spider man? Desculpe-me tantas perguntas, mas como vou agora em outubro com meu filho de 11 anos, fico num beco sem saida! Desde ja agradeço.
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não recomendaria o Forbidden Journey para quem tem claustrofobia. Não é fechada e veloz, mas é escura e você fica presa na cadeira.

      O Spider Man é meio parecido, mas os ambientes são um pouco maiores e o veículo não te prende tanto.

      Em último caso, deixe seu filho ir sozinho nos brinquedos, e fique na saída dos mesmos esperando por ele.

      Excluir
  14. Obrigada! Seguirei o conselho! E os simpsons? Grata pela atençāo.
    Ps- temoutro proibido p mim??rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os Simpsons é leve e divertido. Trata-se de um simulardor: uma grande tela tipo Imax (esférica) onde é projetado um desenho, e seu veículo se move de acordo com o desenho. Só não pode ir quem enjoa fácil.

      Excluir
  15. Obrigada pela resposta! Teria algum outro brinquedo, fora as montanhas russas que nao vou mesmo, que eu nāo poderia ir? Obrigada
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para saber todos os brinquedos, seria necessário você entrar no site do Universal e ver pessoalmente um por um. Se tiver dúvida a respeito de algum brinquedo específico, poste aqui e daremos nossa opinião. Sem conhecê-la pessoalmente, é muito difícil des-recomendarmos esse ou aquele brinquedo!

      Excluir
  16. Aguardo a resposta, obrigada!
    Ana

    ResponderExcluir
  17. Olá! Adorei as dicas! Gostaria de saber se no FJ pode entrar com câmera fotográfica, por causa do final do brinquedo ser em "carrinhos" em movimento. Obrigada

    ResponderExcluir
  18. Olá! Adorei as dicas! Gostaria de saber se pode entrar com câmera fotográfica no FJ, por causa do final do brinquedo ter a parte no "carrinho" em movimento. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não recomendamos entrar no FJ com câmera fotográfica pendurada. Ela vai cair!

      Excluir
  19. Olá!As dicas são mt boas.Sou mt fã de HP, e na 1 vez que fui ao WWHP eu apenas fiquei na fila do FJ, para olhar o castelo.O meu grande problema é ficar de cabeça para baixo, vc poderia me dizer se o simulador coloca vc de cabeça pra baixo.N me importo se ele vira de um lado pro outro, se ele deita e etc... Só n quero virar de cabeça pra baixo, rs.... Mt obg desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O simulador vira você praticamente de cabeça pra baixo, apesar de não dar uma volta de 360o. Mas é só uma vez, então se você não se importa com outros movimentos radicais, na nossa opinião vale a pena arriscar, pois lá dentro é muito legal!

      Se você não gosta muito dos movimentos radicais e bruscos, aí é melhor evitar.

      Excluir
  20. Sou muito medrosa, não vou a montanhas russas, e fiquei com medo de ir ao Forbidden Journey lendo o que muitos falavam. Só fui porque sou fã do Harry e não queria perder. Posso falar com toda certeza (para mim que tenho medo de muitos brinquedos): achei uma delicia e bem tranquilo. Achei o simulador do minion até mais pesado por exemplo. Iria mil vezes. Vale a pena. É lindo e com ótimas sensações. Nada pesado.

    ResponderExcluir

Mande seus comentários, perguntas ou mais dicas sobre este destino.